Capa » Noticias » Resultados dos projetos de pesquisas são apresentados em reunião do Pró-Alertas

Resultados dos projetos de pesquisas são apresentados em reunião do Pró-Alertas

dsc00739

Trabalhos científicos relacionados a desastres naturais, de diversas instituições de ensino superior e de pesquisas, foram apresentados na II Reunião Capes Pró-Alertas com apoio do Cemaden/MCTIC.

Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento dos projetos de pesquisas relacionados a riscos de desastres naturais do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Desastres Naturais (Edital Pró-Alertas nº 24/2014) e definir novas atividades para o próximo ano, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações organizou a II Reunião Capes Pró-Alertas – Cemaden/MCTIC, reunindo as instituições de ensino e de pesquisa dos projetos selecionados pelo programa.

A II Reunião Capes Pró-Alertas/Cemaden-MCTIC foi realizada nesta quarta-feira (30), no Parque Tecnológico em São José dos Campos, oportunidade em que os pesquisadores das instituições apresentaram seus projetos científicos em pôsteres.

A diretora substituta e coordenadora de Relações Institucionais do Cemaden, Regina Alvalá destacou, na abertura do evento, a importância do desenvolvimento dos cinco projetos de pesquisas dentro do tema desastres naturais. “A abordagem interdisciplinar da pesquisa científica e tecnológica  e a realização de projetos conjuntos de pesquisa no País – para a formação de recursos humanos especializados na área – contribuirão para os avanços na área de Desastres Naturais.”,  afirma a diretora substituta.

“A sinergia dos projetos de pesquisas das instituições com o Cemaden  permitirão aprimorar a gestão de desastres naturais.”, afirma o coordenador-geral de Pesquisas e Desenvolvimento do Cemaden, Eduardo Mario Mendiondo.

A segunda sessão do evento, foi destinada para as discussões sobre o planejamento para o próximo ano, na realização de treinamentos e seminários no país, organização de publicações científicas, organização de eventos científicos e promoção de novos projetos e atividades conjuntas.

Pesquisas do Pró-Alertas

O Pró-Alertas foi concebido em 2014 para ser executado pela Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), com apoio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em especial pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

As pesquisas que estão sendo desenvolvidas são com os temas :  ” Integração de veículos autônomos e redes de sensores para aquisição de dados remotos para prevenção e mitigação de desastres naturais”; “Mapeamento em Subsuperfície do Aquífero Guarani”; “Análise e Previsão dos Fenômenos Hidrometeorológicos Intensos do Leste do Nordeste Brasileiro”, “Modelos de apoio à decisão para logística humanitária em preparação e resposta a desastres naturais”; “Alerta CEPED-USP”.

As instituições envolvidas nos projetos de pesquisas Pró-Alertas são : Pontífice Universidade Católica do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro;   Universidades Federais do Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, do Pampa, de Alagoas, de Pernambuco, de Campina Grande;  o Instituto Militar de Engenharia e Universidade de São Paulo.

 

Confira também

Seca severa causa impacto em diferentes regiões do Brasil, aponta relatório do Cemaden

Seca severa em diferentes regiões do Brasil causa impacto na safra agrícola, na pecuária e …