Capa » Noticias » Redução de risco de desastres nas comunidades é debatido por diversas instituições

Redução de risco de desastres nas comunidades é debatido por diversas instituições

Foto : Defesa Civil Estado de São Paulo

 

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) participou do II Seminário Estadual e o I Internacional de Educação em Redução de Risco de Desastres (RRD), nos dias 3 e 4 de abril,  realizado na capital de São Paulo.

O evento foi promovido pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Educação de São Paulo, Cemaden Educação,  Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). Reuniu pesquisadores, profissionais do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil e da Educação,  entidades voluntárias e técnicos que atuam na área de  redução de riscos e desastres (RRD).

O encontro teve o objetivo de incentivar a reflexão sobre cultura de redução de risco de desastres no território nacional, além de promover discussões e intercâmbio sobre as ações voltadas às comunidades escolares.

Na etapa presencial do dia 4, na abertura do evento, o Cemaden foi representado pelo pesquisador e sociólogo, Victor Marchezini. “É muito importante a iniciativa de promover a articulação entre as diversas instituições que trabalham pela redução de risco de desastres, servindo como um exemplo para todo território nacional.”, afirma o pesquisador. ” A união dos esforços e experiências são fundamentais para o sucesso dos resultados junto às comunidades que estão nas áreas vulneráveis aos desastres socioambientais.”, enfatiza.

Discussões e Carta Aberta sobre políticas públicas de educação ambiental para a prevenção de riscos de desastres

No primeiro dia, o seminário foi realizado por  videoconferência: “Educação em RRD no Estado de São Paulo”, com transmissão ao vivo pelo site da Rede do Saber. Nessa videoconferência houve a participação do Cemaden Educação, representado pela pesquisadora Débora Olivato, que abordou sobre as ações e atividades desenvolvidas em escolas de ensino fundamental e médio em todo o território nacional. A pesquisadora citou a rede de compartilhamento de conhecimentos e experiências das comunidades escolares e Defesas Civis locais, rede que vem aumentando desde 2014.

Na roda de diálogo “Comunidades de Práticas na Escola” contou, também,  com a presença de professores das escolas parceiras do Cemaden Educação. Participaram os professores das escolas estaduais de São Paulo: Luiz Tadeu Juvenal (EE Santo Dias da Silva); Idmaura  Calderaro  Martins Galvão e Shirley Monteiro (EE Paulo Virgínio);  Aline Machado Pellizola e Grazieli Alessandra de Matos Vitoriano (EE Theodoro Correa Cintra).

Na mesa redonda “Desafios e Possibilidades: Formação de Professores em RRD”, Leandro da Silva Nunes, da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Angra dos Reis(RJ), relatou a experiência da Rede de Educação para Redução de Desastres no município,  que tem o Cemaden Educação como  integrante no projeto.  Esta mesa contou com a presença da diretora de Atenção Educativa Compensatória do Paraguai, profª Tânia Esmeralda Campos Pecci.

 Na mesa redonda “Cultura e Comunidade”, houve a participação da pesquisadora e antrópologa Rachel Trajber, responsável pelo programa Cemaden Educação, que, juntamente com o Prof. Manuel Ramires, do Escritório dos EUA de Assistência Internacional para Desastres – para assuntos da América Latina (Office of U.S. Foreign Disaster Assistance – OFDA), coordenou as discussões sobre as experiências e ações nas comunidades e a conscientização das vulnerabilidades para a redução do risco de desastres.

No evento, os participantes aprovaram a Carta Aberta sobre Educação e Redução de Risco de Desastre, elaborada pela comissão organizadora do evento, com apoio especial do Cemaden Educação. O documento faz recomendações sobre políticas públicas de educação ambiental para a prevenção de riscos de desastres e destaca as diretrizes do Marco de Sendai. A Carta Aberta do II Seminário Estadual e I Internacional de Educação em Redução de Riscos e Desastres está disponibilizada no site do Cemaden Educação:  : http://educacao.cemaden.gov.br/site/mediaLibrary/NjkwMDAwMDAwMTE2

(Fonte:Ascom-Cemaden)

 

Foto: Defesa Civil do Estado de São Paulo

Pesquisador do Cemaden, Victor Marchezini divulga, junto à Defesa Civil do Estado de São Paulo, o livro sobre “Redução da Vulnerabilidade a Desastres” – elaborado por diversos pesquisadores do Cemaden.

Confira também

Marengo é eleito novo membro da Academia Mundial de Ciências

Jose Antonio Marengo Orsini, coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro Nacional de Monitoramento e …