Capa » Noticias » Redução de risco de desastres nas comunidades é debatido por diversas instituições

Redução de risco de desastres nas comunidades é debatido por diversas instituições

Foto : Defesa Civil Estado de São Paulo

 

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) participou do II Seminário Estadual e o I Internacional de Educação em Redução de Risco de Desastres (RRD), nos dias 3 e 4 de abril,  realizado na capital de São Paulo.

O evento foi promovido pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Educação de São Paulo, Cemaden Educação,  Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). Reuniu pesquisadores, profissionais do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil e da Educação,  entidades voluntárias e técnicos que atuam na área de  redução de riscos e desastres (RRD).

O encontro teve o objetivo de incentivar a reflexão sobre cultura de redução de risco de desastres no território nacional, além de promover discussões e intercâmbio sobre as ações voltadas às comunidades escolares.

Na etapa presencial do dia 4, na abertura do evento, o Cemaden foi representado pelo pesquisador e sociólogo, Victor Marchezini. “É muito importante a iniciativa de promover a articulação entre as diversas instituições que trabalham pela redução de risco de desastres, servindo como um exemplo para todo território nacional.”, afirma o pesquisador. ” A união dos esforços e experiências são fundamentais para o sucesso dos resultados junto às comunidades que estão nas áreas vulneráveis aos desastres socioambientais.”, enfatiza.

Discussões e Carta Aberta sobre políticas públicas de educação ambiental para a prevenção de riscos de desastres

No primeiro dia, o seminário foi realizado por  videoconferência: “Educação em RRD no Estado de São Paulo”, com transmissão ao vivo pelo site da Rede do Saber. Nessa videoconferência houve a participação do Cemaden Educação, representado pela pesquisadora Débora Olivato, que abordou sobre as ações e atividades desenvolvidas em escolas de ensino fundamental e médio em todo o território nacional. A pesquisadora citou a rede de compartilhamento de conhecimentos e experiências das comunidades escolares e Defesas Civis locais, rede que vem aumentando desde 2014.

Na roda de diálogo “Comunidades de Práticas na Escola” contou, também,  com a presença de professores das escolas parceiras do Cemaden Educação. Participaram os professores das escolas estaduais de São Paulo: Luiz Tadeu Juvenal (EE Santo Dias da Silva); Idmaura  Calderaro  Martins Galvão e Shirley Monteiro (EE Paulo Virgínio);  Aline Machado Pellizola e Grazieli Alessandra de Matos Vitoriano (EE Theodoro Correa Cintra).

Na mesa redonda “Desafios e Possibilidades: Formação de Professores em RRD”, Leandro da Silva Nunes, da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Angra dos Reis(RJ), relatou a experiência da Rede de Educação para Redução de Desastres no município,  que tem o Cemaden Educação como  integrante no projeto.  Esta mesa contou com a presença da diretora de Atenção Educativa Compensatória do Paraguai, profª Tânia Esmeralda Campos Pecci.

 Na mesa redonda “Cultura e Comunidade”, houve a participação da pesquisadora e antrópologa Rachel Trajber, responsável pelo programa Cemaden Educação, que, juntamente com o Prof. Manuel Ramires, do Escritório dos EUA de Assistência Internacional para Desastres – para assuntos da América Latina (Office of U.S. Foreign Disaster Assistance – OFDA), coordenou as discussões sobre as experiências e ações nas comunidades e a conscientização das vulnerabilidades para a redução do risco de desastres.

No evento, os participantes aprovaram a Carta Aberta sobre Educação e Redução de Risco de Desastre, elaborada pela comissão organizadora do evento, com apoio especial do Cemaden Educação. O documento faz recomendações sobre políticas públicas de educação ambiental para a prevenção de riscos de desastres e destaca as diretrizes do Marco de Sendai. A Carta Aberta do II Seminário Estadual e I Internacional de Educação em Redução de Riscos e Desastres está disponibilizada no site do Cemaden Educação:  : http://educacao.cemaden.gov.br/site/mediaLibrary/NjkwMDAwMDAwMTE2

(Fonte:Ascom-Cemaden)

 

Foto: Defesa Civil do Estado de São Paulo

Pesquisador do Cemaden, Victor Marchezini divulga, junto à Defesa Civil do Estado de São Paulo, o livro sobre “Redução da Vulnerabilidade a Desastres” – elaborado por diversos pesquisadores do Cemaden.

Confira também

Seca severa causa impacto em diferentes regiões do Brasil, aponta relatório do Cemaden

Seca severa em diferentes regiões do Brasil causa impacto na safra agrícola, na pecuária e …