Capa » Sem categoria » Programação – Workshop Mobilização para Ordenação e Viabilização de Espaços Urbanos Resilientes

Programação – Workshop Mobilização para Ordenação e Viabilização de Espaços Urbanos Resilientes

Data: 21, 22 e 23 de Agosto de 2018
Anfitrião: CEMADEN
Organizadores: Andrea Young e José A. Marengo

DRAFT AGENDA – PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

Primeiro dia – Terça-feira – 21 de agosto 

08.30–09.00: Chegada – Café de boas vindas
09.00-09.10: Abertura
09.10–09.50: Dr. Osvaldo Moraes – Diretor do Cemaden e Exmo. Sr. Felício Ramuth – Prefeito do município de São José dos Campos

09.50- 12.00 – Sessão 1 – Seminário Internacional – Inscrição online (as inscrições para esta sessão continuam abertas)

09.50-10.00: Apresentação dos Palestrantes
10.00-10.20: Professor Robert Frodeman – Universidade do Norte do Texas (E.U.A)
10.20-10.40: Dr. Timothy Cadman – Universidade Griffith (Australia)
10.40-11.00: CDO James McConnell – Defesa Civil de Dublin (Irlanda)
11.00-11.20: Dr. Roxana Lebuy –  Centro Regional Ceres (Chile)
11.20-11.45: Espaço aberto para questões
11.45 – 12.00: Encerramento da Sessão 1

13.10-16.50  – Sessão 2 – Reunião Técnica – Vagas esgotadas (inscrições para esta sessão estão encerradas)

13.10-13:20: Abertura
13.20-13.40: Dr. José Antonio Marengo – Coordenador- Pequisa e Desenvolvimento Cemaden.
13.40-14:00: Dr. Andrea Young – Pesquisadora – Cemaden
14.00-14.20: Coronel Helena dos Santos Reis – Secretária Chefe da Casa Militar e Coordenadora Estadual de Defesa Civil
14.20-14.40: Dr. Angela Cruz Guirao – Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura Municipal de Campinas – Diretora

14:40-15:00: Aberto para questões       

15.00-15.20: COFEE-BREAK
15.20-15.40: Marcelo Pereira Manara – Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade – Secretário da Prefeitura Municipal de São José dos Campos.
15.40-16.00: Dr. Jessé Loures – Secretaria de Meio Ambiente – Secretário da Prefeitura Municipal de Sorocaba
16.00 – 16.20: Aberto para questões
16.20 – 16.50: Introdução e explicações sobre o segundo dia

Segundo dia – Quarta-feira – 22 de agosto – vagas esgotadas


09.00 – 09.15: Boas vindas e introdução sobre os temas de discussão
09.15– 09.30: Explicações sobre a programação

09.30-10.45 – Sessão 3 – Grupos de Trabalho

09.30-11.00: Divisão dos grupos de trabalho
Estudo de Caso 1: apresentação do tema 1
Estudo de Caso 2: apresentação do tema 2
Estudo de Caso 3: apresentação do tema 3
Estudo de Caso 4: apresentação do tema 4
Estudo de Caso 5: apresentação do tema 5
11.00 – 12.00:  Definição de Estratégias
12.00 – 13:50: Almoço

13.50- 17.00 – Sessão 3 – Grupos de Trabalho
13.50 – 14:00 – Próximos passos
14.00 –14.40: Estudo de caso 1 – apresentação
14.40 –15.20: Estudo de caso 2 – apresentação
15:20 –15.40: COFFEE BREAK
15.40 –16.20: Estudo de caso 3 – apresentação
16:20 – 17.00: Estudo de caso 4 – apresentação
17.00 – 17.45: espaço aberto para questões
17.45 – 18.00: Introdução e explicações sobre o terceiro dia

Terceiro dia – Quinta-feira – 23 de agosto

09.15-09.30: Boa vindas aos GTs

 9.30 -12.00 – Sessão 3 – Continuação

9.30 – 9.50: Estudo de caso 5: apresentação
9.50 – 10.10: Síntese sobre os estudos de caso
10.10 – 10.20:  COFFEE BREAK
10.20 – 11.00: Espaço aberto para questões
11.00–11.30: Encerramento da Sessão 3
11.30–14.00: Almoço

14.00 – 16.30 – Sessão 4 – Visita ao Cemaden

14.00 – 14.30: Dra. Regina Avalá – Apresentação institucional
14.30 – 15.00: Dr. Marcelo Seluchi – Apresentação sobre o sistema de alerta
15.00 – 15.40: Visita à sala de operações

15.40 – 16.30: Encerramento

24 de agosto - Palestra. Inscrições online. Saiba mais ...

24 de agosto - Palestra. Inscrições online. Saiba mais ...

O Cemaden Pesquisa e Desenvolvimento e o Programa de pós-graduação da UFABC em Ciência e Tecnologia Ambiental convidam para a Palestra – “Institutional integrity systems for governing climate change resilient urban communities”

Prof. Timothy Cadman
Griffith University – Australia

Organização: Andrea Young, José Marengo (Cemaden Pesquisa), Andrea Cardoso (Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental, UFABC)

Apoio Financeiro: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Programas: FAPESP e INCT para Mudanças Climáticas 2
Data: 24 de agosto de 2018 (sexta-feira)
Local: UFABC (Campus Santo André, Bloco A, Auditório A 110-0)
Período: das 14:00 às 16:30h (inclui um bloco de discussão)
Público alvo: Graduação e Pós-Graduação
Idioma: Inglês/Português
Inscrições para o Seminário no CEFE e Palestra na UFBAC: http://www.cemaden.gov.br/inscricao-palestra-mover/

Objetivo

Compreender a Convenção-Quadro das Nações Unidas (UNFCCC) sobre as alterações climáticas, a importância dos acordos e tentativas realizadas pela UNFCCC e o “regime climático”. Em outras palavras o curso visa aumentar a compreensão do atual processo de governança do regime climático, e os muitos arranjos institucionais que contribuem para a integridade geral da UNFCCC como um instrumento de política visando combater os impactos da mudança climática.

Por que a compreensão da Convenção-Quadro é importante?

Sua compreensão é fundamental para assegurar a viabilidade contínua das ações. Por exemplo, se o acordo global não se traduzir em ações efetivas sofreremos sérias consequências no futuro. Praticamente, já atingimos um patamar elevado em relação à temperatura do planeta (oceano e atmosfera) – próximo de 2ₒC acima do padrão climático considerado adequado para a estabilidade dos ecossistemas. Assim sendo, o alcance de um entendimento comum, ou seja, um consenso global terá pouco valor para a humanidade se ações concretas não forem de fato implementadas sob as regras de um novo regime.

Do que se trata?

O “Mapa do Regime Climático” destina-se a ser uma ferramenta de apoio à decisão que possibilita que todos os interessados naveguem em torno dos diversos e variados elementos do processo de governança da UNFCCC. Do ponto de vista da idealização, o projeto procura ir além de um exercício de mapeamento bidimensional, englobando gráficos visualmente atraentes, bancos de dados conectados de informações, pesquisas e outros componentes interativos. O projeto destina-se a envolver as partes governamentais na Convenção, bem como a sociedade civil e as partes interessadas não governamentais, em um processo de reflexão crítica sobre o projeto do atual regime, visando melhorá-lo no futuro.

Questões

Quem é responsável? Quem será afetado? Quem assumirá a responsabilidade das ações? O que deverá ser feito?

 

Confira também

Cemaden lança licitação para aquisição de água mineral, natural, potável, sem gás, acondicionada em garrafões plásticos de 20 litros, devidamente lacrados.

Cemaden lança licitação por meio de REGISTRO DE PREÇOS para a aquisição de água mineral, …