Capa » Noticias » Pesquisador do Cemaden participa de relatório científico que faz recomendações às atividades de risco envolvendo mineração

Pesquisador do Cemaden participa de relatório científico que faz recomendações às atividades de risco envolvendo mineração

Jovens cientistas, oriundos de diversos países, elaboraram um relatório de política científica com recomendações para as atividades minerárias, propondo medidas para atividades de extração mineral mais sustentável. Um dos autores do artigo científico é o pesquisador e sociólogo Victor Marchezini, da linha de pesquisa sobre dimensões socioculturais de sistemas de alerta, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O artigo foi publicado,  em outubro deste ano, pelas Academias de Ciências: Brasileira (ABC) e  Alemã (Leopoldina);  pelo Centro de Pesquisa sobre Água e Meio Ambiente, da Universidade de Duisburg-Essen (ZWU) e pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Recursos Minerais, Água e Biodiversidade (INCT-Acqua).

Intitulado “A new vision of sustainable management in mining and post-mining landscapes” (Uma nova visão de gestão sustentável em paisagens de mineração e pós-mineração), o relatório científico é resultado do workshop “Gestão sustentável da água nas paisagens de mineração e pós-mineração”, realizado em outubro de 2018, em Belo Horizonte (MG), promovido pelas entidades responsáveis pela publicação do trabalho.

Quatro áreas de ação principais resumem as recomendações feitas neste documento: adoção de uma perspectiva focada na gestão dos recursos hídricos e do território; financiamento obrigatório pela indústria da mineração de centros de pesquisa independentes, com colaboração obrigatória entre empresas e Conselhos de Aconselhamento Científico; estabelecimento de normas internacionais e de transparência na gestão do conhecimento; e, desenvolvimento proativo de planos de contingência  e de esforços para a mitigação de potenciais falhas.

As recomendações,  que incluem, entre os objetivos, o compartilhamento de informações em todo o processo das atividades mineráveis, também apontam a necessidade de incentivar o envolvimento e a capacitação da população local, criar oportunidades da ciência participar e ter livre acesso ao processo de mineração, criar uma norma internacional para garantir a devida diligência e transparência, mitigar os efeitos e garantir prosperidade socioeconômica de todos os envolvidos.

O documento produzido foi encaminhado a gestores e formuladores de políticas públicas, agências de fomento e instituições científicas, disponibilizado no endereço:

http://www.abc.org.br/wp-content/uploads/2019/11/PolicyPaper_Water-and-Mining_web_final.pdf

Fonte: Ascom/Cemaden

Confira também

Cenários de intensificação de seca, principalmente, no Sul do País, são apontados pelo Cemaden

  O Boletim Mensal de Impacto em Atividades Estratégicas para o Brasil, elaborado pelo Centro …