Capa » Noticias » Cientista do Cemaden, José Marengo, é destacado como um dos mais influentes do mundo

Cientista do Cemaden, José Marengo, é destacado como um dos mais influentes do mundo

O climatologista e meteorologista José Marengo, coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), está entre os pesquisadores mais influentes do mundo, altamente citado na área de ciências. A conclusão é de uma pesquisa elaborada pela consultoria britânica Clarivate Analytics, divulgada pela Web of Science Group, no último dia 19 de novembro.

A lista Highly Cited Researchers, divulgada anualmente desde 2014, é elaborada a partir de uma análise da quantidade de citações de artigos publicados por um pesquisador ao longo de uma década, utilizando a plataforma Web of Science. Os selecionados para a lista pertencem ao grupo dos 1% de pesquisadores que mantiveram as mais altas médias de citações durante o período, demonstrando influência significativa da pesquisa entre seus pares.

Foram selecionados, neste ano, 6.216 pesquisadores em 21 áreas do conhecimento, originários de cerca de 60 países. Os Estados Unidos são o país com maior número de pesquisadores mencionados, 2.737 ao todo. Em seguida, aparece a China, com 636; e, em terceiro lugar, o Reino Unido, com 516. A Universidade de Harvard (EUA) é a instituição de pesquisa com maior número de pesquisadores citados, 203.

No Brasil, além do climatologista José Marengo, do Cemaden, da área de Geociências, estão relacionados no relatório outros 14 cientistas brasileiros :

Adriano Gomes Cruz – Agricultural Sciences– Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ); Alvaro Avezum – Cross-Field – Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; Andre R. Brunoni – Cross-Field – Universidade de São Paulo (USP) (foi indicado pela ABC para o Young Physician Leaders); Carlos Augusto Monteiro – Social Sciences – Universidade de São Paulo (USP); Cesar G. Victora – Cross-Field – Universidade Federal de Pelotas; Flavio Kapczinski – Cross-Field – McMaster University/Universidade Federal do Rio Grande do Sul;Henriette M. C. de Azeredo – Agricultural Sciences – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa);  Houtan Noushmehr – Molecular Biology and Genetics – Universidade de São Paulo (USP); Mauro Galetti – Environment and Ecology – Universidade Estadual Paulista/University of Miami;  Miriam D. Hubinger – Agricultural Sciences – Universidade Estadual de Campinas; Paulo Artaxo – Geosciences – Universidade de São Paulo; Renata Bertazzi Levy – Social Sciences – Universidade de São Paulo; Renata Valeriano Tonon – Agricultural Sciences – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria (Embrapa) e Roldan Muradian – Cross-Field – Universidade Federal Fluminense (UFF)

A Lista Global de Pesquisadores altamente citados em 2019 está disponibilizada no endereço : https://clarivate.com/news/global-highly-cited-researchers-2019-list-reveals-top-talent-in-the-sciences-and-social-sciences/

Carreira do cientista José Marengo

Pesquisador 1-A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico  (CNPq), José Antonio Marengo Orsini possui graduação em Física e Meteorologia pela Universidad Nacional Agraria (1981), mestrado em Ingenieria de Recursos de Agua y Tierra – Universidad Nacional Agraria (1987) em Lima, Peru e doutorado em Meteorologia – University of Wisconsin – Madison (1991) em EUA. Fez pós doutorado na NASA-GISS e Columbia University em Nova York e na Florida State University (EUA) em modelagem climática. Foi coordenador científico da previsão climática do CPTEC-INPE.

Atualmente é pesquisador titular e coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento no Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) – onde trabalha com  estudos sobre eventos extremos, desastres naturais e redução de risco aos desastres. É professor na pós-graduação do INPE. É membro de vários painéis internacionais das Nações Unidas ( IPCC, WMO) e de grupos de trabalho, no Brasil e no exterior, sobre mudanças de clima e mudanças globais.

Atua como consultor na área de estudos ambientais de mudanças globais, impactos, vulnerabilidade e adaptação as mudanças climáticas e emite pareceres em diversas revistas científicas e agências financiadoras nacionais e internacionais. Autor de mais de 250 artigos, capítulos de livros, livros, relatórios técnicos e trabalhos de congressos. Participa atualmente de vários projetos de pesquisa, com instituições brasileiras, inglesas, francesas e americanas. Têm intensificado atividades de docência e orientação de pesquisa, além de ser membro ativo em vários conselhos participativos de clima e hidrologia, mudanças climáticas e globais.

É membro do Comitê Científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, dos Relatórios do IPCC. Em academias científicas, é Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências, da Academia de Ciências do Estado de São Paulo e também da Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS).  Foi membro do Comitê Assessor de Ciências Ambientais do CNPq. É editor associado do International Journal of Climatology e dos Anais da Academia Brasileira de Ciências, e professor nos programas de Meteorologia e Ciencia do Sistema Terrestre do INPE e de Desastres Naturais da UNESP.

Fonte: Ascom/Cemaden e Jornal da USP (Adriana Cruz)

 

Confira também

Pesquisadores do Cemaden participam de estudos sobre a Covid-19

Estudos sobre rede de mobilidade das cidades e vulnerabilidades sociais são utilizadas pelos  pesquisadores do …