Capa » Noticias » Cemaden visita instalações da NASA e do NOAA e discute intercâmbio científico sobre sistemas de monitoramento de desastres hidrológicos

Cemaden visita instalações da NASA e do NOAA e discute intercâmbio científico sobre sistemas de monitoramento de desastres hidrológicos

O diretor Osvaldo Moraes, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) –   a convite da NASA ( National Aeronautics and Space Administration), agência de pesquisa e tecnologia dos Estados Unidos – visitou as instalações da Goddard Space Flight Center Wallops Flights, na Ilha Wallops, localizada na Virgínia. O objetivo foi conhecer os sistemas de sensoriamento remoto, utilizando radares e pluviômetros para o monitoramento hidrológico.

A visita e reuniões realizadas entre os dias 15 e 16 de novembro, incluiu, também, reunião com gestores e pesquisadores da agência Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (Nacional Oceanic and Atmospheric Administration – NOAA), na capital Washington DC.  Todas as reuniões integram a agenda de pesquisas colaborativas entre o Cemaden e a Global Precipitation Measurement –GPM (Medição Global de Precipitação ) setor da NASA que organiza os dados ambientais da Terra, inclusive informações sobre chuvas e inundações.

Em agosto deste ano, representantes do NOAA estiveram em São José dos Campos (SP), conhecendo o sistema de monitoramento e de pesquisas do Cemaden. Na ocasião, foi apresentada a plataforma da comunidade AmeriGEOSS, que trabalha para o intercâmbio e gerenciamento de dados entre os países do continente americano. Essa plataforma está integrada ao GEO (Global Water Sustainaibility Groupe on Earth Observations), que promove a colaboração entre os países para a integração do monitoramento e gestão ambiental para a redução do risco de desastres e gerenciamento dos recursos hídricos. Essa reunião no Cemaden teve a participação da Agência Espacial Brasileira (AEB), também do MCTIC.

“O intercâmbio técnico-científico entre Cemaden e NOAA permitirá ampliar a base de dados e pesquisas sobre a gestão de recursos hídricos, possibilitando aprimorar as previsões e projeções hidrológicas, tanto dos impactos de inundações como da escassez dos reservatórios.”, destaca o diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes.

No intercâmbio técnico-científico entre Cemaden e a NASA estão previstas a formalização de protocolos e implementação da base de dados dos programas ambientais, além da qualificação técnica de recursos humanos.

(Fonte: Ascom-Cemaden)

 

Confira também

Cemaden amplia rede de monitoramento aplicada à prevenção de deslizamentos em Blumenau (SC)

Nesta semana, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade …