Capa » Noticias » Cemaden lança licitação para contratação de serviço para fornecimento de dados de descargas atmosféricas, em tempo real, sobre todo o território nacional

Cemaden lança licitação para contratação de serviço para fornecimento de dados de descargas atmosféricas, em tempo real, sobre todo o território nacional

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – localizado no Parque Tecnológico da cidade de São José dos Campos (SP) –  lançou edital de licitação na modalidade pregão eletrônico para a escolha da proposta mais vantajosa na  contratação de empresa especializada em prestação de serviço para fornecimento de dados de descargas atmosféricas em tempo real, abrangendo todo o território nacional. A esses dados,  deve ser acrescido o sistema de identificação e acompanhamento de evolução de células de tempestade, com entrega via solução redundante de integração e comunicação entre sistemas de software (webservice). É necessário, também, estar incluso o acesso alternativo por interface web de visualização dos dados e informações contratadas.

Na contratação dos serviços, prevê-se, também,  treinamento da equipe de operação do Cemaden e assistência técnica 24 horas x 7 dias da semana.

A publicação consta no Diário Oficial da União que circulou nesta sexta-feira (06.07.18).

Sobre o edital e envio de propostas

O Edital poderá ser retirado no Cemaden, a partir do dia 06/07/2018 de 08h00 às 12h00 e de 13h30 às 17h00, no seguinte endereço: Estrada Dr. Altino Bondesan, Distrito de Eugênio de Melo – em São José dos Campos (SP) ou pelo endereço eletrônico: www.comprasgovernamentais.gov.br.

O envio das propostas deverá ser feito a partir de 06/07/2018 às 09h00 no sitewww.comprasgovernamentais.gov.br.

A data de abertura das propostas ocorrerá no dia 19/07/2018 às 09h00 no site www.comprasgovernamentais.gov.br .

Mais informações: (12) 3205-0233 ou licitacao@cemaden.gov.br.

Confira também

“É preciso discutir com as pessoas sobre as formas de participação social nos sistemas de alerta de risco de desastres”, afirmam pesquisadores do Cemaden

Como implementar sistemas participativos de alerta de desastres socioambientais, centrados nas pessoas, e os desafios …