Capa » Noticias » Gestão de recursos hídricos é tema de seminário no Cemaden

Gestão de recursos hídricos é tema de seminário no Cemaden

O professor Raghavan Srinivasan, da Texas A&M University (EUA), especialista nas áreas de Hidrologia, qualidade da água e Ciências Espaciais, apresentou os resultados de pesquisas referentes à gestão de recursos das bacias hidrográficas, no seminário realizado no Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Cemaden/MCTI), em São José dos Campos (SP), nesta quarta-feira (06.11).

Dirigido aos tecnologistas de monitoramento e pesquisadores das áreas de Hidrologia, Meteorologia, Geologia e de Desastres Naturais do Cemaden, a palestra fez abordagens e análises sobre o atual cenário das bacias hidrográficas no Brasil e no exterior, bem como a influência provocada pelas alterações climáticas nos eventos extremos, como as cheias e as secas.

Atualmente, diretor do Laboratório de Ciências Espaciais da Texas A&M University (EUA), com formação em Engenharia Agrícola na Índia, especializando nessa área, em PhD pela Universidade de Purdue (Indiana-EUA) e mestrado pelo Instituto Asiático de Tecnologia (Bangkok), o professor Raghavan Srinivasan tornou-se conhecido e respeitado, internacionalmente, por seu trabalho de desenvolvimento em ciências espaciais e modelagem por computador, além de estudos sobre o solo e metodologias de avaliação da água no modelo SWAT. Sua pesquisa têm contribuído para os estudos de mudanças climáticas a longo prazo, realizando avaliações de recursos e desenvolvimento de alternativas de sistemas de gestão e metodologia. Sua metodologia vem sendo aplicada em mais de 90 países, além da realização de workshops para profissionais e estudantes em mais de 20 países.

Para o Coordenador-Geral de Monitoramento e Operação do Cemaden, Eduardo Mário Mendiondo, esse seminário tem contribuído e aberto oportunidades para o intercâmbio de informações para o desenvolvimento dos trabalhos de pesquisas realizados na instituição, principalmente, nos estudos de Mudanças Climáticas e Hidrologia aplicados à previsão de desastres. “A utilização das metodologias ou modelagens podem ser avaliadas no monitoramento e alertas de riscos de desastres naturais, como nos casos de enchentes, cheias e secas nas bacias hidrográficas. Esses desastres trazem grandes impactos e prejuízos, tanto sociais como econômicos.”, afirma Mendiondo.

O seminário faz parte do Ciclo de Palestras destinado aos pesquisadores e tecnologistas do Cemaden, apoiado pelo Projeto Temático sobre “Vulnerabilidade, Impactos e Adaptação” da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Iniciado em outubro deste ano – período em que ocorreu a entrada dos novos servidores concursados na instituição – o projeto vem sendo organizado pelo Coordenador de Pesquisa Cemaden, José Marengo. Os temas abordados são referentes às pesquisas sobre mudanças climáticas e metodologias de monitoramento, trazidas pelos mais destacados pesquisadores nacionais e internacionais. Para este mês, estão previstas palestras para os dias 11, 20, 24 e 26 de novembro, com pesquisadores da França, Holanda, Estados Unidos e Japão.

Palestra do professor Raghavan Srinivasan, da Texas A&M University (EUA)
Palestra do professor Raghavan Srinivasan, da Texas A&M University (EUA)

Confira também

Hoje (13) será a inauguração das novas instalações do Cemaden

Nesta sexta-feira (13),  às 16 horas, será inaugurada as novas instalações do Centro Nacional de …