Capa » Noticias » Cemaden participa de pesquisa multidisciplinar sobre riscos de inundações, envolvendo comunidades, instituições nacionais e internacionais

Cemaden participa de pesquisa multidisciplinar sobre riscos de inundações, envolvendo comunidades, instituições nacionais e internacionais

Projeto “Dados à Prova D’Água” reúne pesquisadores nacionais, internacionais e comunidades para mapear inundações (Foto : Portal Sema-Acre)

 

Com o objetivo de dar visibilidade ao rastreamento e mapeamento de inundações, um projeto de pesquisa multidisciplinar – envolvendo diversas instituições e comunidades de áreas de risco –  foi lançado no último dia 13 de junho, em Boa Vista, capital do Acre.  Denominado “Dados à Prova D’Água”,  o projeto  tem a participação de pesquisadores  do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden/MCTIC) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com a Universidade de Heidelberg, da Alemanha e Universidade de Warwick, do Reino Unido. O projeto conta com o apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Acre.

O engajamento dos cidadãos para geração, coleta e uso de dados de inundações é um dos diferenciais e objetivo da pesquisa. Os dados serão coletados com a participação dos cidadãos  por meio de instrumentos, memórias, mapeamentos e outras formas de comunicação. Esses dados gerados serão integrados a outras fontes de dados técnicos.

“Ao mapear e repensar como os dados sobre inundações (em algumas regiões brasileiras denomina-se “alagações”) são produzidos e como eles são comunicados, permite provocar transformações, tornando as comunidades mais sustentáveis ​​e resilientes.”, afirma a pesquisadora  do Cemaden, Liana Anderson.

O Projeto “Dados à Prova D’Água”  tem duração prevista de dois anos (2019-2021) envolvendo governos, instituições, moradores e organizações sociais de duas áreas de estudo : no distrito de M’Boi Mirim, localizado no município de São Paulo (SP), e na região central de Rio Branco (AC). 

Lançamento do projeto de pesquisa sobre inundações e Oficinas no Acre

“Dados à Prova D’Água” (Waterproofing Data – WPD, em inglês) é um projeto de pesquisa multidisciplinar que trata da governança dos riscos de inundações, com abordagem nos aspectos sociais e culturais da coleta e do uso de dados, tanto por pesquisadores e técnicos, quanto pelas pessoas das comunidades afetadas.

O lançamento do projeto   ocorreu no  dia 13 de junho, no Instituto Imaculada Conceição, em Rio Branco (AC),  com a presença das pesquisadoras do Cemaden, Liana Anderson e Rachel Trajber (Cemaden Educação),  de representantes de Secretarias Estaduais de Meio Ambiente e de Educação, da Defesa Civil, da Universidade Federal do Acre (UFAC), de pessoas da comunidade local, estudantes do ensino médio do Instituto Imaculada Conceição e da Escola Estadual José Ribamar Batista.

Nos dias 13 e 14, também foram realizadas oficinas de mapeamento digital, monitoramento de chuvas, observação do nível do rio e marcas d’água, memórias de inundações, percepção e mapeamento de riscos com os estudantes do ensino médio e os moradores.

Encontro sobre prevenção e monitoramento de inundações e incêndios no Acre

A pesquisadora do Cemaden, Liana Anderson e a pesquisadora e coordenadora do Cemaden Educação, Rachel Trajber, também participaram do encontro realizado pela Secretaria de Meio Ambiente do Acre,  para discutir os dados mais recentes das pesquisas acadêmicas sobre prevenção e monitoramento de incêndios florestais e inundações no Acre. O encontro ocorreu no último dia 12 de junho, na Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac).

Além das pesquisadoras do Cemaden, participaram desse encontro, pesquisadores  da Fundação Getúlio Vargas e da Universidade de Warwick, do Reino Unido. As instituições apresentaram as novas ferramentas para auxiliar na ação das equipes que atuam no controle de eventos extremos. O encontro contou com a presença de representantes das Defesas Civis, pesquisadores e estudantes do Acre.

(Fonte :  Ascom/Cemaden com Agência Acre-Sema)

Pesquisadoras do Cemaden e do Cemaden Educação participam de encontro realizado pela Secretaria de Meio Ambiente do Acre ( Foto: Katiúscia Miranda/Sema-Acre)

Confira também

Prorrogada inscrição da Campanha #AprenderParaPrevenir até o próximo dia 15 de novembro

  “Reduzindo o risco de desastres: ações educativas em tempos de mudanças climáticas” é o tema …