Capa » Noticias » Cemaden e IAI discutem cooperação técnico-científica em países interamericanos

Cemaden e IAI discutem cooperação técnico-científica em países interamericanos

Foto: Dallison Kevin/Cemaden

 

A formalização de um acordo de cooperação técnico-científico para intercâmbio, capacitação, monitoramento e pesquisas na área de desastres geo-hidrológicos e de impactos da seca – junto aos países latino-americanos –  foi a pauta discutida em reunião, realizada nesta última sexta-feira (10), entre o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais -Cemaden (unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) e o Instituto Interamericano para Pesquisa em Mudanças Globais (Inter-American Institute for Global Change Research- IAI).

O diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes, abordou sobre a possível disponibilização da plataforma de dados de monitoramento de áreas de risco de desastres também aos países vizinhos da América do Sul. Atualmente, essa plataforma da rede observacional do Cemaden está acessível ao público em geral no Brasil. “Além das imagens e dados georreferenciados, poderemos dar apoio na parte técnico-científica, na capacitação e para a configuração adequada às realidades locais dos países.”, afirma o diretor do Cemaden.

Foram discutidas a elaboração de um plano de trabalho para o período de 2018 a 2021, visando a implementação de programas de capacitação e de intercâmbio entre a comunidade científica latino-americana, com propostas de pesquisas interdisciplinares sobre desastres e  impactos socioambientais.

Criada em 1992, o IAI é uma instituição intergovernamental regional que promove a pesquisa científica e capacitação, envolvendo 19 países das Américas, que aderiram ao tratado de cooperação. “Trabalhamos em projetos científicos de alta relevância social, promovendo a cooperação na pesquisa de mudança global nas Américas.”, enfatiza o diretor executivo do IAI, Marcos Régis da Silva e complementa :  “A cooperação do Cemaden na área de monitoramento e pesquisa sobre ciência dos desastres é muito significativa para os subsídios necessários às tomadas de decisões de gestores.”

Do Cemaden, participaram da reunião o diretor Osvaldo Moraes, o coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento, José Marengo e a coordenadora de Relações Institucionais, Regina Alvalá. Do Instituto IAI, estiveram presentes, além do diretor-executivo, Marcos Régis da Silva, a diretora-adjunta Marcela Ohira.

(Fonte : Ascom-Cemaden)

Foto: Dallison Kevin/Cemaden

 

Foto: Dallison Kevin/Cemaden
Foto: Dallison Kevin/Cemaden
Foto: Dallison Kevin/Cemaden
Foto: Dallison Kevin/Cemaden

Confira também

Cemaden lança hoje a Campanha #AprenderParaPrevenir 2020

Em tempos de pandemia da Covid-19, o Programa Cemaden Educação lança a Campanha #AprenderParaPrevenir 2020 com …