Capa » Noticias » Cemaden discute monitoramento de chuvas por radar

Cemaden discute monitoramento de chuvas por radar

Em palestra realizada hoje (24.11), no Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Cemaden/MCTI), o professor Emmanouil Anagnostou, pesquisador da Universidade de Connecticut (EUA), apresentou o desenvolvimento de técnicas avançadas para a estimativa e previsão de chuva, com bases na avaliação de dados da Banda-X de radares meteorológicos.

Especialista em Hidrometeorologia, com Ph.D pela Universidade de Iowa, o professor Anagnostou desenvolve pesquisas nas áreas de Engenharia Civil e Ambiental, relacionados ao sensoriamento remoto por satélite e radar sobre precipitação,  modelagem hidrológica, bem como estudos sobre detecção, a longa distância, dos raios e aplicações em quantitativos regionais, realizando a estimativa e previsão das tempestades.

 O palestrante abordou sobre modelos de avaliação hidrológica,  associando os dados de observação das chuvas e suas estimativas por radares meteorológicos de dupla polarização. Esse modelo se processa, especialmente, para as simulações hidrológicas quando as bacias hidrográficas estão localizadas em terrenos complexos e montanhosos.

Dirigida aos pesquisadores e tecnologistas do Cemaden de São José dos Campos (SP) e transmitida por videoconferência ao Cemaden de Cachoeira Paulista, no final da palestra, houve intercâmbio de experiências e estudos entre os pesquisadores e palestrante. Os debates tiveram a participação e apoio do Prof. Carlos Morales, pesquisador do Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres no Estado de São Paulo, da Universidade de São Paulo (Ceped/USP).

 As palestras e discussões sobre metodologias de monitoramento de desastres naturais e de mudanças climáticas fazem parte do Projeto Temático “Vulnerabilidade, Impactos e Adaptação”, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), sob a coordenação do pesquisador José Marengo, do Cemaden. Desde o mês de outubro, já ocorreram seis palestras, com os mais destacados pesquisadores nacionais e internacionais, debatendo temas junto aos especialistas em desastres naturais do Cemaden-MCTI.

 Na semana passada (19.11), o professor Maarten Krol, da Universidade de Twente (Holanda), especialista em Engenharia e Gestão da Água, com PhD em Matemática Aplicada, fez abordagens sobre a modelagem hidrológica, a previsão de cheias e secas, e a avaliação do impacto das alterações climáticas nos reservatórios. Foi discutida a escassez de água em regiões do Brasil, estudo que vem realizando em parceria com o pesquisador e coordenador-geral de Modelagem e Operação do Cemaden, Eduardo Mário Mendiondo.

 A última palestra do ano no Cemaden está prevista para  ser realizado no próximo dia 27 novembro, com o professor Yosuke Yamashiki, da Universidade de Kyoto ( Japão).

 

Professor Emmanouil Anagnostou, pesquisador da Universidade de Connecticut (EUA), apresentou o desenvolvimento de técnicas avançadas para a estimativa e previsão de chuva.
Professor Emmanouil Anagnostou, pesquisador da Universidade de Connecticut (EUA), apresentou o desenvolvimento de técnicas avançadas para a estimativa e previsão de chuva.

Confira também

Pesquisador do Cemaden participa de reuniões científicas no Reino Unido dentro do acordo de parceria do CSSP Brasil

Com o objetivo de discutir sobre modelagem de impactos e de aplicação em culturas agrícolas, …