Capa » Eventos » Universidade demonstra interesse em criar curso de graduação na área de desastres naturais

Universidade demonstra interesse em criar curso de graduação na área de desastres naturais

Além da participação com palestras em diversos eventos científicos e acadêmicos, o Cemaden foi convidado a integrar comissão pedagógica que discute a criação de curso superior de graduação em Desastres Naturais em universidade federal.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações foi convidado a participar das discussões preliminares para a elaboração  de uma proposta para criar um curso superior de graduação em Desastres Naturais. Coordenada por uma comissão pedagógica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a reunião ocorreu no último dia 12, em Porto Alegre, no campus dessa universidade, com a participação do diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes.

 “A formação de profissionais especializados na área de desastres naturais, envolvendo hidrólogos, geólogos, meteorologistas e engenheiros, ampliará  as pesquisas científicas – voltadas ao monitoramento, prevenção e mitigação dos riscos de desastres naturais – utilizando ciência e tecnologias. Essa ação trará resultados eficazes para a sociedade, no trabalho de diminuição dos impactos socioambientais provocados pelos extremos climáticos.”, afirma o diretor do Cemaden.

Na reunião, foi discutida a possibilidade do Cemaden participar da elaboração das justificativas do projeto pedagógico e  do conteúdo programático da grade curricular, formalizando a parceria por um acordo de cooperação técnica entre as instituições.

Nessa discussão preliminar para a criação de um curso de graduação, além do diretor do Cemaden, da UFRGS participaram: o diretor de Engenharia, profº  Luiz Carlos Pinto da Silva Filho;  o diretor do Instituto de Geociências, profº André Sampaio Mexias e a diretora do Centro Estadual de Pesquisas e Sensoriamento Remoto e Meteorologia, profª Rita de Cássia Marques Alves.

O diretor do Cemaden também proferiu a palestra “Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais” , na Universidade de Santa Catarina (UFSC) e participou de mesas redondas e debates, nos dias 15 e 16 de agosto, durante a XV Semana de Engenharia Civil.

Confira também

Pesquisas do Cemaden apontam fatores deflagradores de deslizamentos e o monitoramento mais eficaz

Chuvas, cortes verticais excessivos nas encostas, vazamentos pontuais em tubulações ou caixas d’água, infiltração de …