Capa » Noticias » Secretário e gestores de Planejamento do MCTIC visitam o Cemaden

Secretário e gestores de Planejamento do MCTIC visitam o Cemaden

 

O secretário de Planejamento, Cooperação, Projetos e Controle, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (SEPLA/MCTIC), tenente-brigadeiro Antonio Franciscangelis Neto – juntamente com a equipe de gestores dessa secretaria –  esteve, na última quinta-feira (14),  no Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em São José dos Campos (SP), conhecendo a sede da unidade de pesquisa do ministério, os projetos, atividades e serviços desenvolvidos pela instituição.

O diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes recepcionou a comitiva vinda de Brasília e, em reunião com a participação de gestores e pesquisadores, apresentou a síntese das atividades e projetos desenvolvidos pela instituição. Também, explanou sobre o conhecimento científico utilizado para antecipar os alertas de desastres naturais, trabalho direcionado para atender a população vulnerável e moradora das áreas com mapeamento de riscos.

“O Cemaden não é uma instituição de aviso meteorológico, mas utiliza o conhecimento científico dos desastres geo-hidrológicos, como deslizamentos e inundações- incluindo os relacionados aos impactos da seca – com o objetivo de antecipar o tempo de emissão de alertas desses desastres.”, destaca o diretor Moraes, explicando sobre as atividades para a diminuição dos impactos socioambientais, além do trabalho desenvolvido pelo Cemaden para prevenção e disseminação da ciência cidadã.

O secretário de Planejamento (SEPLA/MCTIC) destacou a importância do trabalho do Cemaden, relacionado à vida humana,  apresentando a disposição do ministério em dar apoio na gestão dos projetos para alcançar os resultados planejados.  “ Pretendemos integrar a parceria para a realização dos trabalhos do Cemaden, quer seja no apoio técnico para as melhorias do processo e planejamento, como também na busca do custeio e financiamentos nacional ou internacional.”, enfatiza o secretário  da SEPLA, Antonio Franciscangelis Neto.

Apresentação do Orçamento, Plano Diretor e Pesquisas

Na reunião, o coordenador de Administração do Cemaden, Wesley Barbosa,   apresentou o gráfico do declínio dos recursos do Cemaden, pela Lei Orçamentária Anual (LOA), desde a criação da instituição (2011) até este ano, mostrando que os contingenciamentos afetaram, principalmente,  a contratação da manutenção da rede observacional.

O analista Luiz Gargione apresentou a estrutura do Plano Diretor do Cemaden, elaborado com a participação de servidores da instituição, documento iniciado em 2017 e finalizado no segundo semestre do ano passado. Mostrou os nove objetivos estratégicos prioritários, envolvendo as áreas de Monitoramento, Pesquisa, Desenvolvimento e de Gestão.

O coordenador-geral de Operações e Modelagens do Cemaden, José Marengo, apresentou todas as linhas de pesquisas e modelagens desenvolvidas no Cemaden, relacionando os trabalhos com o aprimoramento dos alertas geodinâmicos, hidrológicos e de seca.

A coordenadora de Relações Institucionais, Regina Alvalá, apresentou o trabalho de parceria entre o Cemaden e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desenvolvido desde 2013 e com prazo de encerramento em 2021. Foi mostrado o resumo do Índice Operacional de Vulnerabilidade (InOV), onde o trabalho científico cruza as informações  de áreas de risco de deslizamentos e inundações – dos municípios monitorados pelo Cemaden – com as informações sobre as populações disponíveis no Censo Demográfico do IBGE. Destacou-se que essa metodologia empregada para gestão de risco e vulnerabilidades pode ser replicada em outras áreas (como Saúde, Agricultura, Infraestrutura).

Foram, também, apresentados :  o Sistema de Monitoramento de Secas, pela pesquisadora Ana Paula Cunha; o Monitoramento do Setor Elétrico e Abastecimento Humano, pela Chefe de Divisão de Monitoramento e Alertas, Adriana Cuartas e pelo pesquisador Márcio Moraes; a Plataforma de Dados (SALVAR) do Cemaden, pelo tecnologista na área de Tecnologia de Informação,  Rogério Ishibashi e o Projeto Cemaden Educação, pela pesquisadora Débora Olivato.

O secretário da SEPLA/MCTIC e comitiva consideraram de suma importância os dados, informações e a qualidade dos trabalhos científicos desenvolvidos pelo Cemaden.

“Todas essas informações e trabalhos científicos são essenciais para serem aplicados e priorizados no desenvolvimento de políticas públicas, de forma intergovernamental.”, frisou o secretário Franciscangelis Neto.

A comitiva do ministério conheceu a Sala de Situação do Cemaden, onde o coordenador-geral Marcelo Seluchi e o pesquisador Giovanni Dolif explicaram o sistema de monitoramento, emissão de alerta e a a rede observacional. Explanaram sobre  a composição da equipe multidisciplinar de tecnologistas das áreas de Geologia, Hidrologia, Meteorologia e Desastres Naturais, os quais se revezam em turnos, com monitoramento diário ininterrupto.

Além do secretário da SEPLA/MCTIC, tenente-brigadeiro Antonio Franciscangelis Neto, estiveram no Cemaden a equipe do ministério composta por : José Eduardo Portella Almeida – Chefe de Gabinete SEPLA; Carlos Tadeu Assumpção Pinho – Diretor do Departamento de Planejamento Estratégico; Margareth Fabíola dos Santos Carneiro – Diretora do Departamento de Gestão de Projetos; Rogério Troidl Bonatto – Diretor do Departamento de Indicadores e Otimização de Processos e  José Henrique de Lima Correia Dieguez – Coordenador-Geral de Monitoramento e Controle Organizacional.

Fonte: Ascom-Cemaden

 

 

Confira também

Cemaden recebe visita do ministro Marcos Pontes

O Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, visitou, nesta quinta-feira (13), …