Capa » Noticias » Resultados da Campanha #AprenderParaPrevenir mostram crescimento na participação nacional

Resultados da Campanha #AprenderParaPrevenir mostram crescimento na participação nacional

Com a adesão de 20 estados no País e o aumento em 82% de projetos inscritos, em comparação a 2017, a Campanha #AprenderParaPrevenir2018, do Cemaden Educação, teve seus resultados divulgados e  disponilizados no endereço :  http://educacao.cemaden.gov.br/. Este projeto de mobilização e educação é uma iniciativa do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Nacionais (Cemaden) como parte do mês internacional da Redução de Riscos de Desastres das Nações Unidas.

Como não se trata de incentivar a competição entre os participantes, a Campanha realizou um sorteio de pluviômetros semiautomáticos e kits educacionais. Além da premiação por sorteio dos participantes em nível nacional, o Cemaden Educação com o apoio de um Comitê de instituições externas, selecionou três projetos para a premiação por mérito.

A premiação por sorteio aconteceu no último dia 25 de outubro e foi acompanhado ao vivo pelo Facebook  do Cemaden Educação. A entrega dos equipamentos e publicações ocorrerá no início do ano letivo escolar do próximo ano.

Em sua 3ª Edição, a Campanha #AprenderParaPrevenir foi lançada em abril deste ano, com o tema “Água [D+ ou D-] = desastre?” e teve 133 projetos inscritos, apresentando as ações educativas desenvolvidas nas comunidades escolares, com a participação de escolas, Defesas Civis e universidades. O objetivo da campanha foi de estimular a reflexão e o desenvolvimento de ações educativas para redução de riscos de desastres, conservação da água e de enfrentamento das mudanças do clima.

“Como essa é uma temática bastante nova para o Brasil, observamos com otimismo esse crescimento qualitativo e quantitativo da Campanha #AprenderParaPrevenir. Aprendemos juntas, a cada edição, que as questões de sustentabilidade da vida estão relacionadas entre si”, pondera a educadora ambiental Rachel Trajber, do Cemaden Educação.

Para a premiação de Mérito, foram selecionados projetos que podem ser considerados referência em suas categorias. Na Categoria Escola, foi selecionado o projeto “Tecendo Resiliência”, da Escola Estadual Belo Porvir, do município de Epitaciolândia, do estado do Acre. Na Categoria Defesa Civil, foi selecionado o projeto “Política Pública de Defesa Civil nas Escolas” com a participação da Defesa Civil de Petrópolis (RJ) e da Escola Municipal Dr. Paula Buarque. E, na Categoria Universidade, o projeto “Espaço Fluir”, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com a participação da Escola Municipal Tagore.

Todas as  ações educativas e projetos das escolas, Defesas Civis e Universidades  inscritas na 3ª edição da campanha, bem como os das edições anteriores –   estão disponibilizadas em : http://educacao.cemaden.gov.br/aprenderparaprevenir2018.

(Fonte: Ascom/Cemaden)

Confira também

Cemaden lança licitação para contratação de serviços de impressão (outsourcing)

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), localizado no Parque Tecnológico …