Capa » Noticias » Pesquisadores brasileiros e britânicos definem projeto de intercâmbio de pesquisas sobre clima e desastres naturais

Pesquisadores brasileiros e britânicos definem projeto de intercâmbio de pesquisas sobre clima e desastres naturais

20150928_092614-1

Cerca de 30 pesquisadores brasileiros do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Instituto Nacional de Pesquisas do Amazônia (Inpa) – instituições ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – estiveram reunidos com pesquisadores britânicos do Serviço Meteorológico do Reino Unido (U.K. Met Office) e da Gerência do Fundo Newton no Brasil, discutindo, durante três dias, sobre a agenda científica  e aspectos de intercâmbio entre o  MCTI e a U.K. Met Office.

A reunião ocorreu em São José dos Campos (SP), no Auditório do Inpe, durante os dias 28, 29 e 30 de outubro, com a participação dos diretores do Cemaden- Osvaldo Moraes, do Inpe- Leonel Perondi e do Inpa – Luiz Renato de França.

Foram definidos os produtos e pesquisas sobre os temas Modelagem do Ciclo de Carbono, Modelagem Climática e Redução do Risco de Desastres Naturais e as parcerias entre as instituições do Brasil e Reino Unido.

No último dia da reunião, foi criado um Comitê Gestor do Projeto Científico entre Brasil e Reino Unido, com a participação dos diretores do Cemaden, Inpe e Inpa e dos diretores da Met Office, Stephen Belcher e Chantelle Burton.

Um acordo de cooperação técnica será feito entre as instituições brasileiras e britânicas, formalizando o financiamento do projeto. Do lado brasileiro, foram definidas, como contribuições, a disponibilização dos dados científicos, o uso do supercomputador e os trabalhos dos pesquisadores dedicados ao projeto científico.

“As pesquisas interdisciplinares e o intercâmbio científico internacional ampliam as possibilidades de soluções aos desafios que temos sobre as mudanças climáticas, entre elas a mitigação e redução dos riscos de desastres naturais e a redução dos gases estufa ligados ao aquecimento global.”, enfatiza o diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes.

O lançamento oficial do projeto de intercâmbio de pesquisa está previsto para ser feito no mês de abril de 2016, em Manaus (Amazonas).

Também participaram das discussões sobre o intercâmbio internacional científico, as entidades brasileiras Fapesp, Fapeam, CNPq, Capes e Confap.

Confira também

Prorrogado até o próximo dia 15 o prazo das inscrições para Bolsas do Programa de Capacitação Institucional ( PCI) do Cemaden

As inscrições para a seleção de especialistas, pesquisadores ou tecnologistas para diversos projetos em “Pesquisas …