Capa » Noticias » Pesquisador do Cemaden utiliza recursos tecnológicos do cinema para descomplicar o ensino da Ciência

Pesquisador do Cemaden utiliza recursos tecnológicos do cinema para descomplicar o ensino da Ciência

Técnicas de captura de movimento, utilizadas para produzir efeitos especiais pela indústria do entretenimento e cinema em filmes  – que vão de Avatar até os do Universo Marvel – foram adotadas para desenvolver um vídeo voltado à Educação a Distância. O projeto visa desenvolver e aplicar esses recursos tecnológicos para facilitar o ensino da Ciência, principalmente, nas escolas do ensino médio, no superior e educação a distância (EAD). Foi financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC),com recursos oriundos de emendas parlamentares.

O trabalho está sendo desenvolvido por uma equipe multidisciplinar (formada por especialistas das áreas de Física, Biomecânica, Educação, Cinema, Artes, Educação Física e Design), sob a coordenação do físico Victor Mammana, pesquisador do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O pesquisador também coordena o Programa WASH ((Workshop Aficionados em Software e Hardware) que atua em parceria com o Programa Cemaden Educação,

O Programa WASH se uniu, recentemente, ao Programa Cemaden Educação, para integrar temáticas de ciência, tecnologia, matemática, arte e engenharia às demais temáticas do Cemaden Educação, oferecendo  oportunidades de vivência através de oficinas de cultura digital, experimentação e cidadania.

Produção de vídeo sobre as técnicas do skate para o ensino dos conceitos de Física

A pesquisa usou os recursos tecnológicos para a captura de movimento, aplicado na produção do vídeo  “Manobra Ollie e a Física”  para facilitar o ensino dos conceitos de Física. Esse vídeo foi lançado na cidade de Londrina (PR), no último dia 06 de março, na sede do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), com apoio da Secretaria de Cultura do Município.  O vídeo  é direcionado ao ensino superior e médio, trazendo uma olhar da física e da educação física sobre o esporte skate.

O Projeto de Captura de Movimento promoveu, também, Oficinas de Audiovisual e Stop Motion do Programa WASH-STEAM, direcionado aos alunos da rede pública em Londrina e Prado Ferreira (PR).

A produção do vídeo foi iniciada quando o pesquisador Victor Mammana era diretor do CTI Renato Archer, resultado do esforço multidisciplinar envolvendo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden-Educação), com apoio do Laboratório de Instrumentação para Biomecânica da Faculdade de Educação Física – FEF/Unicamp e do Arranjo Produtivo Local de Audiovisual da cidade de Londrina.  O pesquisador comenta que apesar dos recursos tecnológicos já serem de ampla utilização na indústria de cinema norte-americana, ainda são pouco empregados como ferramentas de educação no Brasil.

“Ao reunir multiprofissionais nesta pesquisa, quisemos contribuir com uma ampla expertise, sobretudo, com o uso intensivo sobre Captura de Movimentos para o segmento da Educação a Distância”, afirma o pesquisador Mammana, destacando que esses recursos tecnológicos para produção de audiovisuais poderão beneficiar iniciativas de educação e divulgação científica, principalmente, no Programa Cemaden Educação.

O vídeo  “Manobra Ollie e a Física”, com duração de oito minutos,  produzido ao longo de 2019, pode ser acessado pelo link :

https://www.youtube.com/watch?v=R-WjZvvdzN0

Fonte : Ascom/Cemaden

 

Confira também

Cenários de intensificação de seca, principalmente, no Sul do País, são apontados pelo Cemaden

  O Boletim Mensal de Impacto em Atividades Estratégicas para o Brasil, elaborado pelo Centro …