Capa » Noticias » Marengo é eleito novo membro da Academia Mundial de Ciências

Marengo é eleito novo membro da Academia Mundial de Ciências

Jose Antonio Marengo Orsini, coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) é o mais novo membro da Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS), a partir de janeiro de 2019. O comunicado foi feito ontem (28), pelo presidente da TWAS, Prof. Bai Chunli. A cerimônia de posse, durante a qual os novos membros eleitos serão apresentados à academia, será realizada durante a próxima Assembleia Geral.

A Academia Mundial de Ciências (TWAS) para o avanço da ciência nos países em desenvolvimento trabalha apoiando a prosperidade sustentável por meio de pesquisa, educação, política e diplomacia. É uma academia de ciências global baseada em Trieste, Itália e, atualmente, conta com 1.222 membros eleitos em mais de 90 países,  14 deles são laureados com o Nobel. Sob um acordo de 1991, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura ( UNESCO ) assumiu a responsabilidade pela administração dos fundos e do pessoal da TWAS, legalmente, uma unidade de programa dentro da UNESCO.

Carreira do cientista José Marengo

Pesquisador 1-A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico  (CNPq),  Jose Marengo possui graduação em Física e Meteorologia pela Universidad Nacional Agraria (1981), mestrado em Ingenieria de Recursos de Agua y Tierra – Universidad Nacional Agraria (1987) em Lima, Peru e doutorado em Meteorologia – University of Wisconsin – Madison (1991) em EUA. Fez pós doutorado na NASA-GISS e Columbia University em Nova York e na Florida State University (EUA) em modelagem climática. Foi coordenador científico da previsão climática do CPTEC-INPE.

Atualmente é pesquisador titular e coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento no Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC) – onde trabalha com eventos extremos, desastres naturais e redução de risco aos desastres. É professor na pós-graduação do INPE. É membro de vários painéis internacionais das Nações Unidas ( IPCC, WMO) e de grupos de trabalho, no Brasil e no exterior, sobre mudanças de clima e mudanças globais.

Atua como consultor na área de estudos ambientais de mudanças globais, impactos, vulnerabilidade e adaptação as mudanças climáticas e emite pareceres em diversas revistas científicas e agências financiadoras nacionais e internacionais. Autor de mais de 250 artigos, capítulos de livros, livros, relatórios técnicos e trabalhos de congressos. Participa atualmente de vários projetos de pesquisa, com instituições brasileiras, inglesas, francesas e americanas, e têm intensificado atividades de docência e orientação de pesquisa, além de ser membro ativo em vários conselhos participativos de clima e hidrologia, mudanças climáticas e globais. É membro do Comitê Científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, dos Relatórios do IPCC e Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Foi membro do Comitê Assessor de Ciências Ambientais do CNPq. É editor associado do International Journal of Climatology e dos Anais da Academia Brasileira de Ciências. 

(Fonte: Ascom-Cemaden)

 

Confira também

Manuais de gestão de risco de desastres do Projeto Gides serão lançados em Brasília

Na próxima terça-feira, dia 11 de dezembro, serão lançados, em Brasília (DF), os seis volumes …