Capa » Noticias » Manual e protocolo sobre monitoramento e gestão de risco de desastres de sedimentos serão apresentados pelo Cemaden e Cenad

Manual e protocolo sobre monitoramento e gestão de risco de desastres de sedimentos serão apresentados pelo Cemaden e Cenad

banner-reuniao-gides2

As novas metodologias para o aperfeiçoamento do gerenciamento dos riscos de desastres de deslizamentos e movimentos de massa –  resultados do trabalho desenvolvido,  nos últimos quatro anos, dentro do acordo de cooperação técnica-científica entre o Brasil e Japão – serão apresentadas na próxima e  última Reunião Técnica do Eixo Monitoramento e Alerta do Projeto Gides, em São José dos Campos (SP), nos dias 4 e 5 de outubro. O projeto tem o encerramento neste ano, mas, nesta reunião, também serão discutidas ações e planos futuros entre Cemaden, Cenad e CPRM.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações –  e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos (Cenad), do Ministério da Integração Nacional – farão a apresentação, respectivamente, do Manual de Monitoramento e Alerta e da estrutura do Manual do Plano de Contingência, na próxima Reunião Técnica do Eixo Monitoramento e Alerta do Projeto Gides, a ser realizada nos dias 4 e 5 de outubro, no Centro de Formação do Educador Profª. Leny Bevilacqua, no Parque da Cidade, em São José dos Campos (SP).

As novas metodologias implementadas nos manuais de Monitoramento- Alerta e do Plano de Contingência foram resultados de pesquisas em campo, reuniões técnicas, intercâmbios científicos entre Brasil e Japão, desenvolvidos desde 2013, pelo Projeto de Fortalecimento das Estratégias Nacionais para a Gestão Integrada em Riscos de Desastres Naturais (Projeto Gides).

 O Projeto Gides visa dar suporte à formulação de políticas e ao desenvolvimento de metodologias para o aperfeiçoamento do gerenciamento dos riscos de desastres de movimentos de massa, dentro do Acordo de Cooperação Técnica-Científica firmado  entre o governo brasileiro, envolvendo quatro ministérios,  e o governo japonês.

Também, serão apresentadas e discutidas as experiências dos representantes e das Defesas Civis dos municípios-piloto de Nova Friburgo e Petrópolis (RJ) e Blumenau (SC) , cidades onde foram implementadas e testadas as pesquisas e metodologias do Projeto Gides.

As atividades integradas entre os pesquisadores e especialistas japoneses e brasileiros finalizam em novembro de 2017, ano em que se conclui a implantação dos novos protocolos Operacionais e de Emissão e Transmissão de Alertas, em forma experimental e de adequação, nas três cidades piloto. A partir de 2018, esses  manuais e protocolos serão implantados, gradativamente,  nas Defesas Civis em todo o território brasileiro.

Além do Manual Técnico para Elaboração, Transmissão e Uso de Alertas de Risco de Movimentos de Massa, o Cemaden apresentará, também,  o sistema de apoio ao monitoramento de encostas. Na programação da reunião técnica, estão previstas discussões para as ações e planos futuros do Pós-Gides, entre o Cemaden, Cenad e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), para o aprimoramento da gestão integral de riscos de desastres, visando tornar as cidades brasileiras mais resilientes.

Cooperação técnico-científica entre  Brasil-Japão

O Termo de Cooperação Brasil-Japão foi firmado em 2013, envolvendo as  Agências Brasileira de Cooperação (ABC) e a de Cooperação Internacional do Japão (Jica), os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação  (por meio do Cemaden/MCTI), das Cidades, da Integração Nacional (por meio do Cenad) e das Minas e Energia do Brasil (por meio do Serviço Geológico do Brasil- CPRM). A cooperação entre os dois países visa fortalecer a capacidade brasileira na gestão de riscos  de desastres naturais.

Sobre a Reunião Técnica do Projeto Gides

Organizada pelo Cemaden e pelo Cenad, a realização da Reunião Técnica do Projeto Gides conta com o apoio da Secretaria de Educação e Cidadania e da Defesa Civil Municipal da Prefeitura de São José dos Campos. Participarão instituições públicas e acadêmicas, pesquisadores e profissionais atuantes na gestão de risco de desastres, Defesas Civis, nos níveis federal, estadual e municipal.

Informações sobre o evento e confirmação da participação estão disponibilizados no portal do Cemaden, pelo endereço eletrônico : http://www.cemaden.gov.br/como-participar-reuniao-tecnica-do-eixo-monitoramento-e-alertas-do-projeto-gides/

 

Confira também

Cemaden realiza oficina científica e tecnológica sobre prevenção de deslizamentos a estudantes de Santos

(Foto:Ascom/Cemaden) Com o objetivo de apresentar informações científicas sobre a tipologia de solos e o …