Capa » Destaque » Lançado o livro e o e-book sobre Redução da Vulnerabilidade a Desastres pelos pesquisadores do Cemaden

Lançado o livro e o e-book sobre Redução da Vulnerabilidade a Desastres pelos pesquisadores do Cemaden

Promover, no Brasil e nas Américas, o debate sobre vulnerabilidade a desastres, analisando suas dimensões sociais, econômicas, ambientais, políticas, técnicas e institucionais é o objetivo do livro “Redução da Vulnerabilidade a Desastres: do Conhecimento à Ação” ( Reduction of Vulnerability to Disasters : from Knowledge to Action), lançado  na tarde desta quarta-feira, ( dia 22) pelos pesquisadores do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), na sede da instituição, no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP).

Organizado pelos pesquisadores do Cemaden : Victor Marchezini, Luciana R. Londe e Sílvia M. Saito e, também,  pelo pesquisador Ben Wisner, da University College London, o livro reúne os trabalhos de pesquisas  de 87 cientistas de 12 países.

A publicação engloba a participação de 15 universidades de 10 países, 11 universidades brasileiras de diferentes regiões do país (UFRN, UFRB, USP, UFSCar, UNICAMP, UFRJ, UFF, UDESC, UFRGS, UNOESTE, entre outras). Também participam pesquisadores de institutos e órgãos governamentais como a Fiocruz, Instituto Geológico, Instituto Florestal, CCST/Inpe, Cetesb, Prefeituras e Defesas Civis de Angra dos Reis(RJ) e Santos(SP).

Nesse primeiro volume, participaram 21 cientistas do Cemaden – pesquisadores e tecnologistas – entre autores, revisores e organizadores.

 “Temos um trabalho de destaque na Sala de Situação, para o monitoramento e emissão de alertas das áreas de risco, mas, o que diferencia o Cemaden das outras instituições de monitoramento é, exatamente, esta estrutura de pesquisa.”, destaca o diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes, na abertura da cerimônia de lançamento do livro. “Mudei o conceito do desastre ser natural aqui no Cemaden, com a integração entre os cientistas de áreas multidisciplinares, que estudam o risco, vulnerabilidade, gestão e prevenção de desastres.”

Sobre o livro

O livro traz seções com diversas abordagens para a redução da vulnerabilidade. Os 28 capítulos estão organizados em quatro seções: modelos conceituais para a compreensão da vulnerabilidade; contextos geográficos e históricos; vulnerabilidade como conceito e sua avaliação quantitativa e qualitativa. Traz ainda uma seção que propõe como organizar e reproduzir esforços sustentados em direção à redução de vulnerabilidade a desastres.

Na apresentação das seções e capítulos, os organizadores destacaram que os trabalhos científicos reunidos no livro ajudam a entender os desastres como processos que não são naturais. Os conteúdos apresentam uma visão integrada entre as Ciências, com a finalidade da sociedade enfrentar, com urgência,  os desafios para a reduzir a vulnerabilidade.

“É preciso discutir democraticamente as estratégias para reduzir as vulnerabilidades existentes, bem como pesquisar e trabalhar permanentemente para reduzi-las. Infelizmente o Brasil tem sofrido pressões dinâmicas que estão acentuando a construção social do risco nos diferentes ecossistemas. Estamos, silenciosos, vivenciando desastres e crises negligenciadas.”, afirma o pesquisador do Cemaden, Victor Marchezini e complementa: “ O exemplo mais recente é a catástrofe que está ocorrendo na Bacia do Rio Doce, em razão do rompimento da barragem em Mariana. O livro é um alerta para essas diferentes vulnerabilidades a desastres”, finaliza o pesquisador.

“O livro tem uma abordagem multidisciplinar sobre os desastres, com o olhar de meteorologistas, educadores, biólogos, engenheiros, geógrafos, sociólogos e muitos outros, além do filósofo Ben Wisner, que participou da redação e da organização.”, destaca a pesquisadora Luciana Londe. “ O objetivo é que este olhar aprofundado sobre a construção do risco – o conhecimento – nos convide à ação para diminuir as causas básicas que levam aos desastres.”, complementa.

“Entendemos que, nesse livro,  foi possível reunir diversos trabalhos, os quais discutem questões atuais em redução de vulnerabilidade a desastres. Contudo, não há dúvidas, que ainda existem muitas perguntas sem respostas e que precisamos ainda continuar o debate, para repensarmos em como entender as diversas dimensões da vulnerabilidade.”, enfatiza a pesquisadora Sílvia Saito.

Os organizadores do livro já estão trabalhando na 2ª edição do livro.

Mais informações sobre a edição do Volume II e acesso gratuito ao e-Book estão disponibilizados no endereço eletrônico

https://preventionroutes.weebly.com

O livro impresso já está disponível no site da Rima Editora:  http://www.rimalivraria.com.br/REDUCTION_OF_VULNERABILITY_TO_DISASTERS_FROM_KNOWLEDGE_TO_ACTION/prod-507361

(Fonte: Ascom-Cemaden)

Confira também

Situação Atual e Previsão Hidrológica para o Aproveitamento Hidroelétrico Três Marias 07/12/2017

A precipitação média espacial, acumulada durante a estação chuvosa, nos meses de outubro e novembro …