Capa » Destaque » I Workshop Brasileiro para Avaliação de Ameaças, Vulnerabilidades, Exposição e Redução de Risco de Desastres

I Workshop Brasileiro para Avaliação de Ameaças, Vulnerabilidades, Exposição e Redução de Risco de Desastres

1st Brazilian Workshop on Assessment of Hazards, Vulnerability, Exposure and Disaster Risk Reduction

O primeiro Workshop Brasileiro para Avaliação de Ameaças, Vulnerabilidades, Exposição e Redução de Risco de Desastres – BRAHVE (1st Brazilian Workshop on Assessment of Hazards, Vulnerability, Exposure and Disaster Risk Reduction) – ocorreu entre os dias 6 e 8 de junho de 2017, no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP, Brasil). O evento foi organizado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais – Cemaden – e contou com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.

Em todas as sessões do BRAHVE as discussões foram produtivas e profícuas, e os objetivos propostos foram alcançados:

(i) Nas mesas redondas foram apresentadas pesquisas em risco de desastres, o Marco de Ação de Sendai, bem como bancos de dados sobre ocorrências de desastres, no contexto de América Latina; 
(ii) Os grupos de trabalho (GT) contaram com a participação ativa de ampla diversidade de profissionais. Os trabalhos nesses GTs foram participativos e produtivos;
(iii) A demanda por participação na sessão especial “Ciência, Risco e Desastres” evidenciou a aceitação da temática como uma promissora linha de pesquisa do CNPq, tanto por parte dos pesquisadores seniors na temática, quanto pela nova geração de pesquisadores. Houve a participação ativa e multidisciplinar de profissionais de vários Estados do país, com a apresentação de excelentes trabalhos nas temáticas do evento.

Consideramos que os resultados integrados do trabalho em todas as sessões do evento serão relevantes para a construção de um arcabouço conceitual e de conteúdos para a contribuição do Brasil aos próximos relatórios das Nações Unidas sobre redução de riscos de desastres, relatórios estes que representam marcos de progresso (bianual) para alcançar as metas pautadas no Marco de Ação de Sendai e cujos resultados finais deverão ser apresentados pelos países em 2030.

Confira também

19/11/2017 – Previsão de Risco Geo-Hidrológico

Previsão de riscos geo-hidrológicos para 19/11/2017 Neste domingo (19/11), o cenário de risco de eventos …