Capa » Noticias » Evento destaca o trabalho integrado das instituições na prevenção e redução do risco de deslizamentos

Evento destaca o trabalho integrado das instituições na prevenção e redução do risco de deslizamentos

A última Reunião Técnica do Projeto Gides teve a abertura oficial nesta quarta-feira (04), em São José dos Campos (SP), com a presença de autoridades do Cemaden, Cenad, Agência do Japão (Jica) e Prefeitura de São José dos Campos.

Com o objetivo de apresentar as metodologias desenvolvidas para aprimorar as ações de prevenção e redução do risco de deslizamentos e movimentos de massa, a Reunião Técnica do Eixo Monitoramento e Alertas do Projeto Gides (Projeto de Fortalecimento das Estratégias Nacionais para a Gestão Integrada em Riscos de Desastres Naturais),  teve sua abertura na manhã desta quarta-feira, realizada na sede do Centro de Formação do Educador (Cefe), no Parque da Cidade, em São José dos Campos (SP).

“O Projeto Gides tem um papel importante na definição e aprimoramento de metodologias e procedimentos para a execução das ações articuladas previstas no Plano Nacional de Gestão de Riscos e Respostas a Desastres Naturais, criado em 2012.”, enfatiza o diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes e complementa: “Os trabalhos e pesquisas desenvolvidas integram conhecimentos e experiências da cultura japonesa e da brasileira. O modelo do projeto envolve os quatro eixos da prevenção de desastres naturais: conhecimento do risco, monitoramento e alerta, comunicação e a resposta.” O diretor do Cemaden finaliza agradecendo o empenho e  a disposição da equipe japonesa da Agência Jica, desenvolvidos desde o  acordo de cooperação Brasil-Japão, realizado em 2013.

O chefe da equipe da Jica, Takao Yamakoshi, avaliou que os resultados dos trabalhos – com todos os seus ajustes e metodologias desenvolvidas para o Brasil – superaram as expectativas. “ Esperamos que a próxima fase do projeto seja a difusão dessas metodologias para todo o Brasil.”, finalizando com os agradecimentos a todos do Cemaden e Cenad, os quais trabalharam no Projeto Gides no eixo monitoramento e alerta.

“ A partir de 2013, o Projeto Gides melhorou nossa atuação dentro do sistema nacional  na gestão de risco de desastres.”, afirma o meteorologista Tiago Molina  Schnorr, do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos (Cenad). “Os trabalhos integrados e o consenso das metodologias entre as equipes de várias instituições – além da aplicação e expansão do projeto nos municípios –  contribuirão para ampliar as articulações entre os governos federal, estadual e municipal.”, complementa o representante do Cenad.

Representando o Prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, o secretário de Proteção ao Cidadão, Antero Alves Baraldo, desejou boas-vindas aos participantes do evento, destacando a importância do Cemaden ter sua sede no Parque Tecnológico, fortalecendo a ciência, inovação e tecnologia na cidade. Fez um balanço do conjunto de ações municipais para a gestão dos riscos de desastres.  “ Estamos finalizando o Plano Municipal de Contingência, reestruturando a Defesa Civil do Município,  além de reativar os Núcleos de Proteção da Defesa Civil nas áreas de maior ocorrência de desastres naturais.”, informa o secretário de Proteção ao Cidadão. “Também, recentemente, criamos o Grupo de Avaliação de  Riscos Difusos (GARD), para incentivar as ações preventivas e corretivas  e para a redução de riscos de desastres.”, finaliza o secretário.

Sobre o evento

Na programação, na quarta-feira, foram apresentadas as experiências dos municípios piloto do Projeto Gides e o Manual do Plano de Contingência. Na quinta-feira (dia 5) estão previstas as apresentações do Manual de Monitoramento e Alerta e  do sistema de apoio ao monitoramento de encostas pelo Cemaden, a avaliação geral do Projeto Gides e a apresentação do plano de ações futuras entre o Cemaden, Cenad e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Cerca de 70 pessoas participam do evento, entre pesquisadores, especialistas, profissionais da área de gestão de desastres naturais e Defesas Civis, provenientes de instituições federais, estaduais e municipais e da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). O evento está sendo realizado com tradução simultânea nos idiomas japonês e português.

Organizado pelo Cemaden – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e pelo Cenad, do Ministério da Integração Nacional,  o evento conta com o apoio da Secretaria de Educação e Cidadania e da Defesa Civil Municipal da Prefeitura de São José dos Campos. Mais Informações sobre o evento estão disponibilizados  no portal do Cemaden pelo link : http://www.cemaden.gov.br/programacao-reuniao-tecnica-do-eixo-monitoramento-e-alertas-do-projeto-gides/

(Fonte: Ascom-Cemaden)

 

Confira também

Curso sobre práticas de prevenção e gerenciamento de desastres naturais tem participação do Cemaden

Com o objetivo de capacitar agentes e técnicos estaduais e municipais do quadro efetivo das …