Capa » Noticias » Conhecimento científico para a evolução dos povos foi destacado na abertura SNTC no Vale do Paraíba

Conhecimento científico para a evolução dos povos foi destacado na abertura SNTC no Vale do Paraíba

Abertura da SNTC no Vale do Paraíba,  feita pelas instituições organizadoras no auditório da Unesp, em São José dos Campos, na manhã de 26 de outubro : Regina Alvalá, diretora substituta do Cemaden; Estevão Tomomitsu Kimpara, diretor da Unesp de São José dos Campos e Ricardo Galvão, diretor do Inpe.

 

Com o tema “A Matemática está em tudo”, a 14ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2017 teve a abertura oficial,  na manhã desta quinta-feira (26), no auditório da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em São José dos Campos (SP), pelas instituições organizadoras do evento no Vale do Paraíba: o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e a Unesp.

Falando para um auditório de cerca de 200 participantes, composto por alunos do ensino médio de escolas públicas, por professores e gestores na Educação – provenientes de diversas cidades do Vale do Paraíba e da região metropolitana de São Paulo – os diretores e cientistas das três instituições organizadoras do evento passaram a mensagem às novas gerações sobre as suas experiências e a satisfação do trabalho dedicado à Ciência e Tecnologia. Explanaram, também, sobre a importância do conhecimento científico no desenvolvimento do País e do acesso à universidade pública e às pesquisas.

“Trabalhar com Ciência é muito bom. Tudo se inicia com a curiosidade, mola propulsora para direcionar o ser humano à área de pesquisa.”, afirma a diretora substituta do Cemaden, Regina Alvalá. Falou sobre o Cemaden Educação –projeto que dá oportunidade do desenvolvimento de trabalhos científicos com estudantes – voltados à  prevenção e à conscientização dos riscos de desastres. Destacou, também, a parceria da Unesp, no desenvolvimento desse projeto, e  o apoio dos professores e gestores das escolas de ensino médio, das Defesas Civis e das comunidades nas áreas de risco. Informou sobre a parceria com o CPTEC-Inpe, cujos dados subsidiam o monitoramento geo-hidrológico do Cemaden. “Desejamos que os participantes assimilem as informações geradas durante as atividades da programação da semana, compartilhando esses conhecimentos com os familiares, vizinhos e comunidades.”, afirma a diretora substituta do Cemaden.

“Ciência não é gasto é investimento para o futuro. O conhecimento científico faz a evolução dos povos.”, destaca o diretor do Inpe, Ricardo Galvão, incentivando os alunos a seguirem a carreira científica. Relata aos alunos como a implantação de instituições de pesquisas, universidades e o Parque Tecnológico trouxeram o desenvolvimento científico e tecnológico para São José dos Campos e  região. Lembrou os países asiáticos que investiram na Ciência nos momentos mais críticos, hoje se destacam, mundialmente, nas áreas socioeconômicas e de tecnologia.

“Todos temos capacidade e possibilidade para cursar universidade pública.”, afirma o diretor da Unesp, Estevão Tomomitsu Kimpara, informando que a Unesp foi a primeira universidade no estado de São Paulo a fazer reserva de vagas para alunos oriundos do ensino público. Incentivou os jovens a terem o vislumbre dessa oportunidade de estudar em universidade pública.

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2017 no Vale do Paraíba

A Programação da SNCT no Vale do Paraíba contou com palestras, manifestações artísticas regionais, Feira de Ciências, oficinas, visitas em laboratórios e instituições de pesquisa e ensino, com  a participação de cerca de 200 estudantes de 15 escolas públicas  de várias cidades da região.

Neste ano, o Cemaden, Inpe e Unesp se uniram para oferecer às escolas e ao público em geral, oportunidades de interação com cientistas, participação em oficinas práticas e palestras. Foram realizadas visitas a laboratórios e instalações de pesquisa e ensino, locais onde, atualmente, são operados serviços fundamentais para a sociedade, resultados do desenvolvimento da ciência na região e no mundo.

O evento contou com a participação de 15 escolas públicas dos municípios de São José dos Campos, Caçapava, Lorena, Ubatuba, Campos do Jordão, Vargem Grande do Sul,  Paraibuna e São Paulo, as quais mostraram os trabalhos e projetos científicos na Feira de Ciências, desenvolvidos com apoio do Projeto Cemaden Educação e da Unesp.

Palestras, oficinas, visitas em laboratórios e instituições, Feira de Ciências fizeram parte da programação da SNTC 2017, em vários pontos de  São José dos Campos. As atividades foram iniciadas no dia 25 e com encerramento previsto no sábado, dia 28 de outubro.

Informações e a Programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2017) no Vale do Paraíba estão disponibilizadas no endereço eletrônico:  http://www.cemaden.gov.br/snct2017/.

Confira também

Cemaden inicia a instalação de equipamentos da RedeGeo para monitoramento e pesquisas aplicadas sobre deslizamentos

    A equipe de pesquisadores da área geodinâmica/geologia, do Centro Nacional de Monitoramento e …