Capa » Noticias » Cemaden recebe comitiva japonesa para avaliar ações do Projeto Gides de aprimoramento da gestão de riscos de deslizamentos

Cemaden recebe comitiva japonesa para avaliar ações do Projeto Gides de aprimoramento da gestão de riscos de deslizamentos

img-20170605-wa0006

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) recebeu a visita de uma comitiva japonesa da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica – sigla em inglês), na primeira semana de junho, para a avaliação e acompanhamento do Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Projeto Gides), no acordo firmado entre Brasil e Japão. Os destaques da inovação foram os novos sistemas computacionais desenvolvidos pelo Cemaden. A comitiva foi recepcionada por pesquisadores, tecnologistas e analistas do Cemaden, que trabalham no desenvolvimento do Projeto Gides.

O acordo visa dar suporte à formulação de políticas e ao desenvolvimento de metodologias para o aperfeiçoamento do gerenciamento dos riscos de desastres de movimentos de massa e deslizamentos.

O Projeto Gides envolve quatro ministérios do governo federal. No eixo “Monitoramento e Alerta”, o projeto é desenvolvido por pesquisadores e tecnologistas do Cemaden – ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações –  junto aos pesquisadores japoneses da Jica.

O termo de cooperação foi firmado em 2013, prevendo intercâmbios entre Brasil e Japão, que incluíram treinamentos técnico-científicos entre pesquisadores dos dois países, trabalhos de pesquisa em campo, reuniões periódicas para apresentação e definições técnicas e, finalmente, a elaboração dos novos protocolos Operacionais e de Emissão e Transmissão de Alertas, que estão sendo implantados e adequados nos municípios-piloto de Petrópolis e Nova Friburgo (RJ) e Blumenau (SC).

“A prática de avaliação e acompanhamento de projeto é uma ferramenta muito eficaz, indicada para ser adotada em todos os projetos e programas desenvolvidos pelas instituições.”, afirma o pesquisador Ângelo Consoni, do Projeto Gides no Cemaden. “ É uma forma de verificação do cumprimento dos objetivos e da adequação das ações, durante o processo de desenvolvimento do projeto.”, complementa o pesquisador.

A comitiva japonesa estava composta por Yuki Aratsu – Diretor Assistente Sênior do Departamento da Terra e Meio Ambiente da Jica; Atsushi Soma (Jica Matriz);  Hitoshi Ito , do Ministério da Terra do governo japonês;  Kensuke Ichikawa, Líder da Equipe de Consultores do Projeto Gides; Takao Yamakoshi, Chefe da Equipe Japonesa do Projeto Gides  e Arai Mariko,  Intérprete da comitiva.

Projeto Gides

O Termo de Cooperação entre os dois países foi firmado em 2013, envolvendo as Agências Brasileira de Cooperação (ABC) e a de Cooperação Internacional do Japão (Jica), os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação  (por meio do Cemaden/MCTI), das Cidades, da Integração Nacional e das Minas e Energia do Brasil (por meio do Serviço Geológico do Brasil- CPRM), para o fortalecimento da capacidade brasileira na gestão de riscos  de desastres naturais.

As atividades integradas entre os pesquisadores e especialistas japoneses e brasileiros continuam até dezembro de 2017, ano em que finaliza a implantação dos novos protocolos Operacionais e de Emissão e Transmissão de Alertas, em forma experimental e de adequação, nas três cidades piloto : Petrópolis e Nova Friburgo (RJ) e Blumenau (SC), concluindo o trabalho desenvolvido desde 2013. Em 2018, esses protocolos serão implantados nas Defesas Civis em todo o território brasileiro.

No último dia 25 de maio, o Projeto Gides recebeu da ONU o Certificado de Distinção no Prêmio Sasakawa,  em Cancún (México), durante a o evento internacional para discutir Plataforma Global de Redução de Risco de Desastres.

 

Confira também

Resultado da 2ª Campanha #AprenderParaPrevenir mostra expansão do trabalho de prevenção de desastres nas escolas

Com o tema “Educação em prevenção de risco de desastres socioambientais”, a 2ª Campanha #AprenderParaPrevenir …