Capa » Noticias » Cemaden participa de reunião em Haia para cooperação bilateral entre Brasil-Países Baixos

Cemaden participa de reunião em Haia para cooperação bilateral entre Brasil-Países Baixos

A 3ª Reunião da Comissão Mista de Ciência, Tecnologia e Inovação entre Brasil-Países Baixos, realizado em Haia (Holanda), no início de dezembro, teve a participação do diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Osvaldo Moraes, para tratar sobre cooperação em prevenção e monitoramento de risco de desastres naturais.

A comitiva brasileira – composta por representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e de instituições  de fomento à pesquisa nacional – foi recebida pela diretora do Ministério da Educação, Cultura e Ciência, Nora van der Wenden; pelo diretor-geral do Ministério de Assuntos Econômicos e Política Climática, Michiel Sweers;  além de representantes das agências e institutos de pesquisa holandeses, como a Organização Neerlandesa para Pesquisa Científica (NWO) e o Instituto Deltares.

Entre os temas prioritários abordados para a cooperação bilateral Brasil-Países Baixos, definidos na reunião anterior, estavam: bioeconomia, prevenção de desastres naturais, nanotecnologia, pesquisa espacial, cidades sustentáveis, computação e esportes.

Osvaldo Moraes, diretor do Cemaden, expressou o interesse da instituição em colaborar com o instituto neerlandês Deltares, na área de prevenção e monitoramento de desastres naturais. Na reunião, o diretor abordou as atividades do Cemaden, referentes ao monitoramento e prevenção de desastres, ao processo de emissão de alertas para a prevenção das populações das áreas de risco, bem como as propostas de políticas públicas para a prevenção e mitigação dos desastres. Com essa exposição, apontou, também, as oportunidades para colaboração internacional de previsão de secas e cheias e no monitoramento de reservatórios de abastecimento de água potável.

O Cemaden e o  Instituto Deltares tem um acordo de parceria, pelo Memorando de Entendimento, firmado em 2013, para intercâmbio de experiências, dados, modelos, plataformas observacionais, visitas técnicas de estudantes e cientistas, além de desenvolvimento de conjunto de modelos e plataformas, apresentações e publicações conjuntas de artigos científicos. Essa cooperação poderá envolver outros institutos do MCTIC, assim como agências federais e estaduais. Para a realização dessa cooperação, serão estabelecidas condições para a inclusão de oportunidades de financiamento.

Visitas técnicas nas instituições de pesquisas holandesas

A delegação do MCTIC realizou visitas  ao Instituto Deltares, em Delft e ao Centro de Biodiversidade Naturalis, em Leiden. Na Deltares, assistiu  a apresentação sobre a atuação internacional do instituto, especialmente, a plataforma de previsão hidrológica e de desastres, a Delft-FEWS, utilizada no Brasil (pela Cemig, para previsão de entrada de água em hidrelétricas e também como modelo de circulação de água  para auxiliar a limpeza da Baía da Guanabara).

O diretor do Cemaden propôs cooperação de modelos de previsão para a região Sudeste do Brasil e o intercâmbio científico entre os pesquisadores brasileiros e holandeses.

Na reunião, ficou decidido, também, que o próximo encontro do Comitê, em 2019, será realizado no Brasil. O encontro em Haia fechou uma série de atividades do Brasil na Europa para aprimorar as parcerias em projetos de ciência, tecnologia em inovação.

Pelo Brasil, participaram, além do diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes, o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mario Neto Borges, representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Comunicações e Inovações (MCTIC), o diretor da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Márcio Girão e membros da embaixada brasileira em Haia.

(Fonte: Ascom-Cemaden com Ascom-CNPq)

 

Confira também

Pesquisa coordenada pelo Cemaden sobre crise hídrica foi tema de questão do Enem deste ano

  A pesquisa intitulada “A seca e a crise hídrica de 2014-2015 em São Paulo”, …