Capa » Noticias » Cemaden participa de encontro de cooperação técnico-científica entre Peru e Brasil

Cemaden participa de encontro de cooperação técnico-científica entre Peru e Brasil

Abertura do "Primeiro Encontro de Cooperação entre Peru-Brasil, em Ciência, Tecnologia e Inovação", realizado em Lima, Peru, entre os dias 9 e 13 de janeiro de 2017. Participação do embaixador do Peru no Brasil, Vicente Rojas; do Vice-Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Valdez; Vice-reitor de Pesquisas da Universidade Nacional de Engenharia (UNI- Peru), Walter Francisco Estrada ; do Coordenador do Encontro Peru - Brasil, Hugo Hernandez Figueroa e do Diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres (Cemaden), Osvaldo Moraes, representando o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil. (Foto: Ministério das Relações Exteriores do Peru).
Abertura do “Primeiro Encontro de Cooperação entre Peru-Brasil, em Ciência, Tecnologia e Inovação”, realizado em Lima, Peru, entre os dias 9 e 13 de janeiro de 2017. Participação do embaixador do Peru no Brasil, Vicente Rojas; do vice-ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Valdez;  do vice-reitor de Pesquisas da Universidade Nacional de Engenharia (UNI- Peru), Walter Francisco Estrada ; do coordenador do Encontro Peru – Brasil, Hugo Hernandez Figueroa e do diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres (Cemaden), Osvaldo Moraes, representando o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil. (Foto: Ministério das Relações Exteriores do Peru).

 

Em reunião com diversas entidades de monitoramento geo-hidrometeorológicas peruanas, o Cemaden discutiu com as autoridades e cientistas sobre a cooperação e intercâmbio científico na área de monitoramento e alerta de desastres naturais. O Peru tem  interesse em criar um centro com o sistema de monitoramento e alerta.  Novas reuniões e workshops estão sendo agendados entre Peru e Brasil.

Representando o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Osvaldo Moraes, participou do  I Encontro de Ciência, Tecnologia e Inovação entre Peru-Brasil, evento realizado em Lima (Peru), entre os dias 9 e 13 de janeiro deste ano.

Organizado pelo Ministério das Relações Exteriores do Peru, pelo governo do Estado de São Paulo e pela Comunidade Científica Peruana no Brasil (CCP-BR), o evento foi realizado  no Instituto Nacional de Pesquisa e Capacitação de Telecomunicações (Inictel), da Universidade Nacional de Engenharia do Peru (UNI).  O objetivo do evento foi o de promover, entre os dois países,  a integração científica e o intercâmbio de experiências e conhecimentos técnico-científicos e de inovação, fortalecendo a cooperação bilateral entre instituições acadêmicas, entidades públicas e empresas.

O diretor do Cemaden apresentou a palestra “Monitoramento, Análise e Alertas de Desastres Naturais no Brasil”, durante o Simpósio de Cooperação Peru-Brasil em Ciência, Tecnologia e Inovação  (Coopebras), ocorrido dentro da programação do evento. Também, participou das reuniões junto às instituições peruanas governamentais e privadas, entre elas: o Centro Nacional de Avaliação, Prevenção e Redução do Risco de Desastres (Cenepred);   o Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci); o Serviço Nacional de Meteorologia e de Hidrologia do Peru (Senamhi); o Instituto Geofísico do Peru (IGP), o Instituto Geológico, Mineral e Metalúrgico (Ingemmet) e a Autoridade Nacional de Água do Peru (ANA).

“É fundamental o intercâmbio científico internacional, pois o monitoramento socioambiental com integração global de dados é uma tendência mundial. O Cemaden vem desenvolvendo metodologias e adquirindo experiência em monitoramento e emissão de alertas, dentro do sistema nacional de gestão de risco de desastres.” , afirma o diretor Osvaldo Moraes e complementa: “ Podemos colaborar com os países da América Latina no trabalho integrado de dados e ampliar a base de conhecimento científico sobre Desastres Naturais.”

O diretor do Cemaden informou que ficou agendada uma reunião para o próximo mês de março,  no Consulado Geral do Peru, em São Paulo, para discutir os termos de um Memorando de Entendimento e uma agenda de eventos e workshops, ainda no primeiro semestre deste ano. Uma das finalidades  é promover o intercâmbio entre os cientistas  do Peru e do Brasil na área de monitoramento e alertas de desastres naturais.

Na abertura do encontro bilateral entre Peru e Brasil, participaram o embaixador do Peru no Brasil, Vicente Rojas; o vice-ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Valdez; o vice-reitor de Pesquisas da Universidade Nacional de Engenharia (UNI- Peru), Walter Francisco Estrada ; o coordenador  do encontro  Peru – Brasil, Hugo Hernandez Figueroa além do diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres (Cemaden),  Osvaldo Moraes, representando o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil.

 

Confira também

Cientistas divulgam relatório prevendo alto risco de queimadas e incêndios florestais nas Áreas Protegidas da América do Sul

A identificação de 117 Áreas Protegidas (A.P.) na América do Sul em situação crítica – …