Capa » Noticias » Cemaden participa da semana de Ciência e Tecnologia em Brasília e organiza atividades para o Vale do Paraíba

Cemaden participa da semana de Ciência e Tecnologia em Brasília e organiza atividades para o Vale do Paraíba

Há 15 anos, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) insere o mês de outubro, na agenda nacional, para promover eventos e ações de divulgação e popularização da ciência, além de incentivar as práticas inter e transdisciplinares, que conectam e socializam diferentes áreas de conhecimento.

Neste ano, na décima sexta edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o tema escolhido é “Bioeconomia, Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”, que ocorrerá entre os dias 21 e 27 em todo o País. A motivação é a busca do desenvolvimento sustentável baseado na invenção e no uso de produtos e processos biológicos nas áreas de biotecnologia industrial, da saúde humana e da produtividade agrícola e pecuária.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade de pesquisa do MCTIC – estará com estande no Pavilhão de Exposição em Brasília, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, mostrando  na exposição as atividades e inovações desenvolvidas para o sistema de monitoramento e alerta de desastres naturais. O Cemaden também organizou uma programação de palestras específicas sobre o tema de prevenção de risco de desastres e a socioconomia relacionada aos desastres. Em Brasília, o público alvo estimado é de 90 mil pessoas, entre estudantes, gestores públicos, sociedade em geral, além de políticos do Executivo e do Legislativo.

Para a região paulista do Vale do Paraíba, o Cemaden organizou uma programação de atividades acadêmicas e estudantis, que ocorrerá em São José dos Campos, no Parque Tecnológico (Cemaden e Unifesp) e no Centro de Formação de Professores, no Parque da Cidade. Na programação, estão previstas oficinas, palestras e exibição de filme sobre a vida das mulheres do litoral da Coreia do Sul, relacionado ao tema da bioeconomia sustentável. Estima-se a participação de cerca de 500 pessoas, entre estudantes de escolas do ensino fundamental e médio, estudantes universitários de pós-graduação oriundos de diversos estados, professores, pesquisadores e sociedade em geral.

Programação do Cemaden na SNCT em Brasília

Além do estande de exposição no Pavilhão de Exposição no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, estão previstas palestras e oficinas relacionadas à prevenção de desastres, como segue:

Palestras :

Dia 21 – 18 às 19 horas

 “ Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais ”, palestrante Regina Alvalá, diretora substituta do Cemaden e coordenadora de Relações Institucionais – Local: Palco 360º

Dia 25 – 11 às 12 horas

Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, Avanços e Desafios”, palestrante : Armin Braun, diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos de Desastres CENAD, do Ministério do Desenvolvimento Regional – Local: Palco 360º

Dia 24 – 10 às 11 horas

Prevenção e Reflexão Socioeconômica de Desastres Naturais – palestrante Selma Santos, Analista de Ciência e Tecnologia do Cemaden – Local Sala Multiuso

“Cemaden Educação – Escolas e Comunidades na Prevenção de Riscos de

Desastres”-  palestrante: Maria Francisca Azeredo Velloso – pesquisadora bolsista do Cemaden Educação.

Oficinas

Dia 23 – 11 às 12 horas

“Interpretando as notícias de monitoramento de desastres naturais”- Instrutora: Marina  Tanaka da Anunciação – Tecnologista de Ciência e Tecnologia do Cemaden.

Dia 25 –

09 às 10 horas

“Aprendendo a criar uma rede de monitoramento de desastres e construir seu próprio equipamento pluviométrico”. Instrutora: Maria Francisca Azeredo Velloso – Bolsista de Pesquisa do Cemaden Educação.

18 às 19 horas

“Interpretando as notícias de monitoramento de desastres naturais”- Instrutora: Marina  Tanaka da Anunciação – Tecnologista de Ciência e Tecnologia do Cemaden.

Dia 26

15 às 16 horas

“Aprendendo a criar uma rede de monitoramento de desastres e construir seu próprio equipamento pluviométrico”. Instrutora: Maria Francisca Azeredo Velloso – Bolsista de Pesquisa do Cemaden Educação.

 

PROGRAMAÇÃO SNCT 2019 – ATIVIDADES PROMOVIDAS OU COM PARTICIPAÇÃO DO CEMADEN – em São José dos Campos (SP)

21/10/2019

09h00 às 12h00

Atividade 16ª SNCT – “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável” e IV Encontro Caravana da Ciência Unifesp (EnCaCi)

Avaliação de trabalhos científicos (oral e pôster) das escolas participantes. Divulgação da Campanha #AprenderParaPrevenir 2019, do Cemaden Educação, no estande.

Público Estudantes e professores da Rede Estadual e Municipal de Educação de São José dos Campos-SP
Local Unifesp – SJC

14h00 às 15h30

Atividade Aula Magna “Risco de secas e stress hídrico no Nordeste do Brasil: presente e futuro”

Palestrante: Dr. José Marengo (Coord. Geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Cemaden)

Público Alunos do II Curso de Pesquisa Integrada em Risco de Desastres (provenientes da UFPA e da UFSC), alunos do Programa de Pós-Graduação em Desastres Naturais (Unesp e Cemaden) e demais interessados
Local Auditório do Cemaden

 

22/10/2019

09h00 às 12h00

Atividade 16ª SNCT – “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável” e IV Encontro Caravana da Ciência Unifesp (EnCaCi)

Avaliação de trabalhos científicos (oral e pôster) das escolas participantes. Divulgação da Campanha #AprenderParaPrevenir 2019, do Cemaden Educação, num estande

Público Estudantes e professores da Rede Estadual e Municipal de Educação de São José dos Campos-SP
Local Unifesp – SJC

14h00 às 16h30

Atividade Palestra “Impactos na bioeconomia: desmatamento, queimadas e poluição”

Palestrantes: Dra. Liana Anderson (Cemaden), Profa. Dra. Klécia G. Massi (UNESP), Prof. Dr. Elias B. Santos (Unifesp). Mediação: Dra. Rachel Trajber (Cemaden Educação)

A apresentação do tema será realizada tipo “talk show”. Os pesquisadores serão entrevistados por um facilitador/entrevistador. A plateia também poderá fazer questões para os pesquisadores responderem

Público Professores de ciências e geografia da Rede Municipal de Educação de São José dos Campos-SP
Local Centro de Formação de Professores/ Secretaria Municipal de Educação de São José dos Campos (SME-SJC)

 

23/10/2019

10h00 às 12h00

Atividade Dinâmica de trabalho no Cemaden para a prevenção de desastres, com enfoque em geodinâmica

Palestrante: Drº Tulius Dias Nery, Tecnologista do Cemaden

Público Alunos e professores do IFSP
Local Instituto Federal de São Paulo – IFSP – Campus Jacareí

 

13h00 às 14h00 e 17h30 às 18h30

Atividade Exibição do documentário: “Haenyeo, a Força do Mar”

Diretora: Lygia Barbosa da Silva

Sinopse: O fotógrafo Luciano Candisani passou 35 dias imerso na secular cultura das haenyeo, as mulheres do mar da Ilha de Jeju, na Coreia do Sul. São senhoras, de 65 a 92 anos de idade, que mergulham só com o ar dos pulmões a até 10 metros de profundidade, onde permanecem por dois minutos em busca de polvos, peixes, conchas e outros frutos do mar. Mais do que extrativistas, as haenyeo mantêm vivos costumes surgidos na Ilha de Jeju há quatro séculos, quando uma conjuntura sociopolítica provocou o êxodo dos homens e levou as mulheres a se lançarem ao fundo do mar pela sobrevivência. Elas foram em busca do sustento de suas famílias, sem suspeitar que fundariam uma tradição cultural coesa, hoje incluída na lista da Unesco de patrimônios culturais intangíveis da humanidade e celebrada em todo o mundo pelos valores universais que carrega: sustentabilidade, pertencimento e força da mulher.

Público Aberto aos interessados – lotação 100 lugares
Local Auditório do Cemaden

 

24/10/2019

08h30 às 11h30 (primeiro grupo) e 13h30 às 16h30 (segundo grupo)

 

Atividade 1) Oficinas temáticas: a) Oficina de História em Quadrinhos “Educação + Participação = uma equação para redução do risco de desastres”, promovida pela equipe do Cemaden Educação; b) Oficina “Bioeconomia e Desastres Naturais: a influência das mudanças climáticas sobre a agricultura”, promovida pela Unesp-SJC

2) Visita técnica à Sala de Situação do Cemaden.

Descrição

1a) A oficina apresenta o processo de confecção da história em quadrinhos “Educação + Participação = uma equação para redução do risco de desastres”, elaborada pelo Cemaden Educação e ICT UNESP SJC, na SNCT de 2017. A história traz pontos importantes sobre prevenção de riscos, gestão por bacias hidrográficas, comunidade escolar resiliente, monitoramento dos riscos, entre outros. Durante a oficina será realizada uma leitura compartilhada e a produção da continuidade da história.

1b) A agricultura é uma atividade altamente dependente de fatores climáticos, por isso a mudança no clima pode afetar a produção agrícola de várias formas. O aumento da temperatura e modificações no regime da chuva poderão provocar perdas significativas nas safras de grãos e alterar a geografia da produção agrícola brasileira, colocando em risco a segurança alimentar no país. A oficina proporcionará o trabalho com dados do IPCC e informações que permitam analisar os aspectos destacados.

2) A visita técnica à Sala de Situação do Cemaden possibilita o conhecimento sobre as ferramentas disponíveis para que os operadores possam realizar o monitoramento de possíveis ocorrências de Desastres Naturais no Brasil. É possível também conhecer como o trabalho de monitoramento está organizado no Cemaden e quais os perfis profissionais dos tecnologistas envolvidos com essa atividade.

Público Alunos e professores de escolas públicas de ensino fundamental e médio do município de São José dos Campos-SP (convidadas)
Local Auditório do Cemaden, Sala de Situação I e Sala de Situação II

 

25/10/2019

08h30 às 10h30

Atividade Monitora-thon

Apresentação dos trabalhos feitos pelos alunos do II Curso de Pesquisa Integrada em Risco de Desastres

Participação:Drº Tiago Schnorr (CENAD),Drº Jorge Pimentel (CPRM), Drº Marcelo Seluchi (Cemaden)

Público Alunos do II Curso de Pesquisa Integrada em Risco de Desastres (provenientes da UFPA e da UFSC) e do Programa de Pós-Graduação em Desastres Naturais (Unesp e Cemaden)
Local Auditório do Cemaden

10h00 às 15h30

Atividade 10h00 – Acolhida das escolas – Sala de Situação II – Cemaden

10h15-11h00 – Contextualização da SNCT, apresentação das instituições participantes, orientações sobre a dinâmica das atividades e divisão dos grupos (3) – Sala de Situação II

11h00-12h00 Grupo 1 – Oficina de História em Quadrinhos “Educação + Participação = uma equação para redução do risco de desastres”

A oficina apresenta o processo de confecção da história em quadrinhos “Educação + Participação = uma equação para redução do risco de desastres”, elaborada pelo Cemaden Educação e ICT UNESP SJC, na SNCT de 2017. A história traz pontos importantes sobre prevenção de riscos, gestão por bacias hidrográficas, comunidade escolar resiliente, monitoramento dos riscos, entre outros. Durante a oficina será realizada uma leitura compartilhada e a produção da continuidade da história.

Grupo 2 – Oficina “Bioeconomia e Desastres Naturais: a influência das mudanças climáticas sobre a agricultura”, promovida pela Unesp-SJC

A agricultura é uma atividade altamente dependente de fatores climáticos, por isso a mudança no clima pode afetar a produção agrícola de várias formas. O aumento da temperatura e modificações no regime da chuva poderão provocar perdas significativas nas safras de grãos e alterar a geografia da produção agrícola brasileira, colocando em risco a segurança alimentar no país. A oficina proporcionará o trabalho com dados do IPCC e informações que permitam analisar os aspectos destacados.

Grupo 3 – Palestra “Tenho uma ideia, por onde eu começo?”, a ser ministrada por Alexandre Barros – Head do Nexus Hub

A palestra tem como objetivo inspirar o comportamento empreendedor e provocar reflexão sobre as mudanças nas dinâmicas do mundo em termos de inovação e tecnologia. Os pontos abordados incluem ainda o Nexus Hub em si e seus programas – Nexus Lab, Nexus Growth (incubadora e aceleradora) e Nexus Scale Up.

A visita às dependências do Nexus inclui as áreas de coworking e salas individuais que envolvem os programas Nexus Lab e Nexus Growth (aceleradora e incubadora).

12h00-13h00 Grupo 1 – Visita à Sala de Situação do Cemaden e em seguida visita às dependências da Unesp-SJC

Grupo 2 – Visita às dependências da Unesp-SJC e em seguida visita à Sala de Situação do Cemaden

Grupo 3 – Almoço

13h00-14h00 – Grupos 1 e 2 – Almoço

Grupo 3 – Visita às dependências da Unesp-SJC e em seguida visita à Sala de Situação do Cemaden

14h00-15h15 – Apresentação dos trabalhos preparados pelas escolas e trocas de experiências

15h15-15h30 – Encerramento

Público Alunos e professores de escolas públicas de ensino fundamental e médio dos municípios paulistas de Cubatão, Pindamonhangaba, Santos e Ubatuba (convidadas)
Local Cemaden (Auditório, Sala de Situação I e Sala de Situação II), Unesp e Nexus – Parque Tecnológico de São José dos Campos


(Fonte:Ascom/Cemaden)
Sobre a SNCT

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT foi instituída pelo Decreto Presidencial de 9 de junho de 2004 e realizada, anualmente, durante o mês de outubro, sobre a coordenação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A finalidade da SNCT é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de C&T, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. Mais informações podem ser obtidas no portal do MCTIC : www.mctic.gov.br.

 

Fonte: Ascom/Cemaden

 

Confira também

Pesquisador do Cemaden participa de reuniões científicas no Reino Unido dentro do acordo de parceria do CSSP Brasil

Com o objetivo de discutir sobre modelagem de impactos e de aplicação em culturas agrícolas, …