Capa » Noticias » Cemaden é homenageado pela Defesa Civil do Estado de SP

Cemaden é homenageado pela Defesa Civil do Estado de SP

20160215_082350-1

Pelo terceiro ano consecutivo, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – recebeu a Medalha de Defesa Civil, da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de São Paulo, do Gabinete da Casa Militar, homenagem destinada às pessoas físicas e jurídicas que comprovadamente colaboraram de forma expressiva com as ações de Defesa Civil.

Neste ano, durante o aniversário de 40 anos da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil de São Paulo, o homenageado foi o coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento, Eduardo Mário Mendiondo, que vem desenvolvendo – junto à equipe de pesquisadores do Cemaden e em parceria com instituições de pesquisas nacionais e internacionais – pesquisas voltadas para o monitoramento e prevenção de desastres naturais, principalmente na área de enchentes, enxurradas, cheias nas áreas urbanas vulneráveis a esses desastres naturais e monitoramento de bacias hidrográficas.

Em 2014, a homenageada foi a pesquisadora e coordenadora de Relações Institucionais do Cemaden, Regina Alvalá, que há anos vem desenvolvendo trabalhos e pesquisas na área de desastres naturais e faz parte do grupo de servidores envolvidos na criação do Centro.

No ano passado (2015), a homenagem foi para o Cel. João Batista Monteiro Júnior e para Demerval Gonçalves, ambos vinculados ao Cemaden com atuação voltada para as ações de instalação e desenvolvimento do gerenciamento de dados dos pluviômetros automáticos, nos municípios classificados como prioritários para o monitoramento das áreas de riscos de desastres naturais.

A condecoração- representada por medalha e diploma – entregue aos homenageados pelos serviços prestados à comunidade nas atividades de Defesa Civil – foi instituída pelo Decreto Estadual n° 26.856, de 6 de março de 1.987, no Estado de São Paulo.

O Cemaden, criado em julho de 2011 pelo Decreto Presidencial nº 7.513, conta com um quadro de recursos humanos técnico-científicos especializados e interdisciplinares. A equipe trabalha de forma inovadora, com foco no desenvolvimento do sistema organizado e aprimorado de monitoramento, alerta, prevenção e redução dos impactos ambientais, sociais e econômicos decorrentes de eventos extremos que deflagram desastres naturais. Operando 24 horas por dia, sem interrupção, a instituição monitora, em todo o território nacional, as áreas de risco de 957 municípios classificados como vulneráveis a desastres naturais. Entre outras competências, envia os alertas de desastres ao Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério da Integração Nacional (MI), auxiliando o Sistema Nacional de Defesa Civil.

Confira também

Metodologias para antecipar alertas em eventos meteorológicos severos são apresentadas na Série de Debates

O desafio da previsão e monitoramento de tempestades severas – as quais podem resultar em …