Capa » Riscos geo-hidrologicos » 15/02/2021 – Previsão de Risco Geo-Hidrológicos

15/02/2021 – Previsão de Risco Geo-Hidrológicos

Nesta segunda-feira (15/02/2021), o cenário de risco de eventos geo-hidrológicos para as mesorregiões do Brasil é apresentado a seguir:

Risco Hidrológico

Região Sudeste: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Considera-se MODERADA a possibilidade de ocorrência de eventos hidrológicos (Figura 1) na Região Metropolitana de Belo Horizonte e Zona da Mata em Minas Gerais, Região Metropolitana e Serrana do Rio de Janeiro, além da Região Metropolitana de São Paulo e Vale do Paraíba Paulista. Para todas essas localidades há previsão de pancadas de chuvas de intensidade moderada a forte entre a tarde e noite, com potencial para causar alagamentos, inundações de pequenos rios e enxurradas em áreas urbanas.

Região Norte: Amazonas, Pará e Tocantins.

Considera-se MODERADA a possibilidade de ocorrência de eventos hidrológicos (Figura 1) na Região Metropolitana de Manaus, onde há previsão de continuidade de chuva moderada a forte ao longo do dia, com possibilidade de enxurradas urbanas e inundações de pequenos córregos que cortam as capitais. No centro-sul e leste do Pará e oeste do Tocantins há condições para pancadas de chuva com altos acumulados no decorrer do dia, que podem causar alagamentos, enxurradas e inundações de pequenos córregos, em especial nas cidades de Araguaína no Estado do Tocantins, e Parauapebas, Altamira e Marabá no Estado do Pará.

Figura 1 – Mesorregiões brasileiras com possibilidade de ocorrência de eventos hidrológicos. Este mapa é feito por uma equipe multidisciplinar, levando em consideração as condições dos cenários de riscos hidrológicos atuais somados à previsão de chuva.

 

Risco Geológico

Região Sudeste: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Considera-se MODERADA a possibilidade de ocorrência de movimentos de massa (Figura 2) para as mesorregiões Sul do estado de Minas Gerais, Região Serrana do Rio de Janeiro, além do Vale do Paraíba e Região Metropolitana de São Paulo devido aos acumulados observados nos últimos dias e previsão meteorológica que indica possibilidade de novas pancadas ao longo da segunda-feira, dia 14. As chuvas previstas para essas localidades poderão incrementar os volumes já observados e serem suficientes para deflagrar deslizamentos de terra pontuais.

Região Norte: Amazonas.

Considera-se MODERADA a possibilidade de ocorrência de movimentos de massa (Figura 2) para as mesorregiões de Manaus devido a previsão de chuvas em forma de pancadas de chuvas no decorrer do dia, somado aos acumulados prévios e alta vulnerabilidade da região, especialmente a capital Manaus.

Figura 2 – Mesorregiões brasileiras com possibilidade de ocorrência de eventos de movimento de massa. Este mapa é feito por uma equipe multidisciplinar, levando em consideração as condições dos cenários de riscos geológicos atuais somados à previsão de chuva.

Gostaria de contribuir registrando ocorrência de eventos de caráter geodinâmico (movimento de massa) e/ou hidrológico (inundação e/ou enxurrada) no seu município?  Sua informação é bem-vinda,  mesmo  ocorrências  pequenas são de extrema importância para avaliar a qualidade dos alertas emitidos pelo CEMADEN.

Por gentileza, preencha o breve questionário no link abaixo: http://www.cemaden.gov.br/ocorrencias/index.php

Confira também

03/03/2021 – Previsão de Risco Geo-Hidrológicos

Nesta quarta-feira (03/03/2021), o cenário de risco de eventos geo-hidrológicos para as mesorregiões do Brasil …